Entretenimento Estado do Novo México multa produtora de "Rust" por morte "evitável" de diretora de fotografia

Estado do Novo México multa produtora de "Rust" por morte "evitável" de diretora de fotografia

FILME-RUST-MULTA:Estado do Novo México multa produtora de "Rust" por morte "evitável" de diretora de fotografia

Reuters - Entretenimento

Por Andrew Hay

O Estado norte-americano do Novo México multou a empresa Rust Movie Productions LLC com o valor máximo de 137 mil dólares por falhas de segurança que levaram ao que chamou de tiro fatal "evitável" que matou a diretora de fotografia Halyna Hutchins no ano passado durante as filmagens do Western "Rust". 

Uma investigação do Gabinete de Saúde Ocupacional do Estado (OSHB, na sigla em inglês) concluiu que a produtora sabia que os procedimentos de segurança para uso de armas de fogo não estavam sendo seguidos e que demonstrou "simples indiferença" diante das ameaças, afirmou o Departamento de Meio Ambiente do Novo México em nota. 

"Esse incidente trágico nunca teria acontecido se a Rust Movie Productions tivesse seguido os padrões nacionais da indústria cinematográfica para a segurança de armas de fogo", disse o secretário do Meio Ambiente, James Kenney, no comunicado. 

Hutchins foi morta em outubro quando um revólver com o qual o ator Alec Baldwin ensaiava durante as filmagens no Novo México disparou uma munição real e atingiu Hutchins e o diretor Joel Souza, que ficou ferido, mas sobreviveu.

A Rust Movie Productions disse anteriormente que não estava ciente das falhas na segurança do set durante as filmagens. 

"Embora apreciemos o tempo e esforços do OSHB nessa investigação, discordamos das conclusões e planejamos recorrer. Nossos pensamentos e orações continuam com a família de Halyna", disse o porta-voz da Rust Movie Productions Stefan Friedman em uma declaração por e-mail nesta quarta-feira. 

(Reportagem de Andrew Hay em Taos, Novo México)

Últimas