Famosos e TV Após caso de agressão, Isis de Oliveira desabafa: 'Vai passar'

Após caso de agressão, Isis de Oliveira desabafa: 'Vai passar'

Atriz contou que tem recebido apoio da amiga, a cantora e dançarina Rita Cadillac: 'Ela me fez levantar da cama", disse ela

"Vai passar", desabafou a atriz

"Vai passar", desabafou a atriz

Reprodução/Instagram

Isis de Oliveira usou uma rede social para dizer que está recebendo apoio de Rita Cadillac após ser agredita pelo marido, o egípcio Hazem Roshdi. Os detalhes da violência foram contados pela atriz em primeira mão ao R7 na semana passada. 

Na tarde desta terça-feira (28), Isis fez um desabafo. "Hoje a minha amiga que está me dando muito suporte @ritacadillac me mandou um áudio dizendo que o dia estava lindo, que eu tirasse uma foto. Abri a janela do quarto, me arrumei e fiz a foto. Ontem tinha feito uma live com a minha também amiga @ledanagleoficial. Coloquei a câmera errada, nunca tinha feito, parecia que estava toda inchada. Esta foto eu tirei hoje às 14h. Rita conseguiu, mesmo de SP, me fazer levantar da cama. Eu só tenho a agradecer muito a força, carinho de todos, nas mensagens recebidas. Vai passar", escreveu Isis. 

Isis havia contado ao R7 que conseguiu uma medida protetiva que impede o marido de se aproximar dela. Esta foi a segunda vez que a atriz, musa dos anos 1980 e irmã de Luma de Oliveira prestava queixa contra o rapaz de 35 anos com quem ela tem união estável há seis anos.

A agressão aconteceu na noite de quarta-feira (22) após um ataque de raiva do egípcio. Segundo Isis, Hazem começou a ficar irritado nos últimos dias depois que ela reclamou das saídas dele de casa durante o isolamento social. "Eu sou grupo de risco, sou cardíaca e ele estava me expondo."

A atriz disse que o marido estava muito nervoso e chutou o ventilador e o computador dela, além de ameaçar colocar fogo no apartamento. "Eu via na cara dele uma pesosa que não reconhecia, uma cara de ódio, de quem vai avançar mesmo", relembra Isis. Imediatamente após o incidente, ela mandou uma mensagem para a amiga, Luisa Brunet, que chamou a polícia.

Em 2017, a atriz chegou a cortar o supercílio após ser agredida pelo marido. Na época, ela prestou queixa na mesma delegacia e conseguiu medida protetiva através da Lei Maria da Penha, mas reatou o casamento um período depois.

A atriz disse que deu uma chance para Hazem, pois acreditou que ele seria capaz de mudar, mas fez o alerta para outras mulheres que estejam passando pela mesma situação: "Achei melhor eu falar para tentar ajudar as pessoas. A gente fica achando que vai melhorar, mas não vai. Só piora".

Aém das duas agressões, Isis disse que o marido chutava as costas dela de madrugada e que, há duas semanas, teria puxado o colchão para que ela caísse no chão.

Hj a minha amiga q está me dando muito suporte @ritacadillac me mandou um áudio dizendo q o dia estava lindo, que eu tirasse uma foto. Abri a janela do quarto, me arrumei e fiz a foto.
Ontem tinha feito uma live com a minha tbm amiga @ledanagleoficial coloquei a câmera errada, nunca tinha feito, parecia q estava toda inchada. Esta foto eu tirei hj as 2 horas da tarde.
A Rita conseguiu mesmo de SP me fazer levantar da cama.
Eu só tenho a agradecer muito a força, carinho de todos nas msgs recebidas. Vai passar

Últimas