Famosos e TV Britney Spears quer que gastos suspeitos do pai sejam auditados

Britney Spears quer que gastos suspeitos do pai sejam auditados

Cantora segue em batalha judicial para remover o pai da função de tutor, controlando vários aspectos de sua vida, inclusive o dinheiro

  • Famosos e TV | Do R7

Resumindo a Notícia

  • Britney Spears quer que os gastos do pai, que controla suas finanças, sejam investigados
  • Segundo o site TMZ, Britney quer que seu novo tutor analise a administração de Jamie
  • Diversos gastos suspeitos teriam levantado suspeitas de má administração financeira
  • Britney e o pai estão em batalha judicial. A cantora quer ser liberada de tutela
Pai de Britney Spears pode ser investigado por gastos suspeitos

Pai de Britney Spears pode ser investigado por gastos suspeitos

Montagem R7/Reprodução Instagram

A batalha judicial entre Britney Spears e o pai, Jamie Spears, continua com novos capítulos.

De acordo com o site internacional de celebridades TMZ, Britney quer que o pai seja auditado por seus gastos durante a função de tutor. 

O site revela que Britney quer o contador público Jason Rubin no lugar do pai e que, se ela conseguir a substituição, uma investigação minuciosa deve acontecer para saber como Jamie vem gastando o dinheiro da filha nos últimos anos.

Baseado nos documentos apresentados por Mattew Rosengart, novo advogado de Britney, há realmente muitos pontos a serem analisados para descobrir se o pai da cantora fez uma má administração das finanças dela. 

Rosengart cita que Jamie paga a si mesmo cerca de US$ 16 mil por mês, algo em torno de R$ 84 mil. Enquanto isso, Britney recebe apenas US$ 2 mil, ou R$ 10,5 mil, por semana.

Além disso, Jamie teria investido US$ 549 mil, ou R$ 2,8 milhões, em algo que foi classificado como "gastos com a mídia". 

Um pagamento de US$ 500 mil, ou R$ 2,6 milhões, para a Tri Star Sports & Entertainment Group, antiga empresa que gerenciava os negócios de Britney, também levantou suspeitas.

Acontece que, enquanto Britney estava trabalhando, a Tri Star recebia 5% dos ganhos da estrela pop com a indústria do entretenimento. No entanto, quando ela anunciou uma pausa na carreira, o valor recebido pela Tri Star foi reduzido. O pai de Britney então teria aprovado um aumento de US$ 300 mil, ou R$ 1,5 milhão, para a empresa, mesmo que isso não estivesse supostamente no contrato. 

Últimas