Famosos e TV Cantora country Taylor Dee morre em acidente de carro aos 33 anos

Cantora country Taylor Dee morre em acidente de carro aos 33 anos

Artista não usava cinto de segurança e foi lançada para fora do veículo após bater em uma barreira, segundo o site E! News

  • Famosos e TV | Do R7

Taylor morreu aos 33 anos

Taylor morreu aos 33 anos

Reprodução/Facebook

Morreu na cidade do Texas, nos Estados Unidos, aos 33 anos, a cantora country Taylor Dee. A morte ocorreu no dia 14 de março, mas só nesta segunda-feira (22) é que o agente da artista foi a imprensa internacional comunicar o ocorrido. 

De acordo com o site E! News, Taylor Dee faleceu em um acidente de carro. Segundo a polícia local, a cantora teria perdido o controle do veículo, batido em uma barreira e lançada para fora do automóvel.

Ainda de acordo com informações, um homem que estava com a cantora no veículo e usava o cinto de segurança fraturou apenas um dedo do pé. Um exame toxicológico está sendo feito para verificar se havia sinais de álcool na cantora. 

Com uma carreira em ascensão, Taylor já chamava atenção de seu público em todos os lugares que ia. Tinha grande personalidade e um sorriso encantador, disse o agente da cantora, mãe de dois filhos, ao site. 

"Ela impressionava os ouvintes cada vez que entrava na frente do microfone. O poder de seus lindos vocais era sentido no fundo da alma. Sua energia e paixão eram tão contagiantes que ela deixava cada show com um novo time de apoiadores e fãs. Taylor adorava seus filhos, família, amigos e fãs; amá-los com tudo o que tinha. Taylor Dee fará muita falta para muitos, mas sua voz e mensagem poderosas ecoarão por toda a eternidade. A vida é curta, viva seu sonho, ria ao longo do caminho", completou o agente em um comunicado. 

Taylor Dee chegou a fazer parte da banda Chasing Highways. Em seguinda, mudou-se para o então grupo atual, Shots Fired, onde chegou a ser premiada por sua performance. "Ela era um verdadeiro talento com um coração e paixão não apenas por sua música, mas pelas pessoas. Em cada apresentação, seu talento era evidente, mas o mais importante, ela permitiu que seus fãs conhecessem seu coração. Sentiremos muita falta dela", disse Linda Wilson, presidente da Associação de Música Country do Texas.

Últimas