Capítulo final de 'A Escrava Isaura' bate recorde de audiência

Sucesso também no Rio de Janeiro, a novela da Record TV conquistou a melhor média e o segundo maior share desde a estreia

'A Escrava Isaura' vai ao ar de segunda a sexta

'A Escrava Isaura' vai ao ar de segunda a sexta

Record TV

O último capítulo de A Escrava Isaura, exibido na terça-feira (18), bateu recordes em São Paulo e Rio de Janeiro.

Escrita por Tiago Santiago e com direção-geral de Herval Rossano, a novela foi ao ar das 15h16 às 15h53 e revelou Malvina (Maria Ribeiro) como a assassina de Leôncio (Leopoldo Pacheco).

Em São Paulo, o episódio bateu o recorde da própria trama desde a estreia (07/10) e da sua faixa de exibição.

Vice-líder isolado, o final marcou 11,1 pontos na praça paulista.

Além disso, essa também é a maior audiência da capital registrada na primeira faixa de novela da tarde, desde que a emissora passou a exibir folhetins nesse horário, com Prova de Amor (2015).

Ainda sobre o último capítulo, a trama superou o índice alcançado pela sua antecessora, até então líder nesse item. No dia 15 deste mês, Bela, a Feia registrou 9,3 pontos de média com seu término (16% a menos do que A Escrava Isaura).

O pico, ontem, chegou a 12 pontos; o share, a 20%. No mesmo período, o canal em terceiro lugar marcou 3,9 pontos de média, ou seja, a Record TV o superou com quase o triplo da audiência.

No Rio de Janeiro, o desfecho da novela também bateu recorde de audiência desde a estreia. Conquistou, ainda, o segundo melhor share do período: 23%.

A média do último capítulo ficou em 11,3 pontos, índice que supera o registrado pelo fim da antecessora. No dia 15, na praça fluminense, a trama de Bela, a Feia se despedia com 11,1 pontos de média.

O pico de A Escrava Isaura ficou em 12 pontos. Foi vice-líder isolada, mas encostada na liderança (que obteve 11,5 pontos de média).

A emissora em terceiro lugar fechou o período com média de 4,3 pontos, ou seja, sete pontos a menos que a Record TV.