Famosos e TV Famosos lamentam morte de Bibi Ferreira, grande dama do teatro

Famosos lamentam morte de Bibi Ferreira, grande dama do teatro

A atriz, cantora e compositora morreu do coração, em casa, no Rio; ela tinha apenas 24 dias de vida quando estreou pela 1ª vez no teatro

Famosos lamentam morte de Bibi Ferreira, grande dama do teatro

Bibi morreu aos 96 anos, após parada cardíaca no RJ

Bibi morreu aos 96 anos, após parada cardíaca no RJ

Francisco Cepeda/AGNews

Morreu nesta quarta-feira (13), aos 96 anos, a atriz, cantora e compositora Bibi Ferreira. A informação foi confirmada por Thina Ferreira, filha da estrela. Bibi estava em casa, no Rio de Janeiro. Segundo Thina, ela não estava doente, mas o coração da artista já estava muito fraco em razão da idade. Famosos lamentaram a partida de Bibi nas redes sociais.    

Visualizar esta foto no Instagram.

Ô meu Deus! Que dia triste para o Brasil! Brilhe sempre, Estrela Bibi✨

Uma publicação compartilhada por Elza Soares (@elzasoaresoficial) em

Visualizar esta foto no Instagram.

A genial Bibi Ferreira saiu de cena hoje, para brilhar no palco da eternidade! Ela é o símbolo da profissão do artista. Em momentos como esse que vivemos, onde as pessoas são manipuladas pela categoria menos confiável que há (políticos), para atacarem uma das profissões mais antigas do mundo, um exemplo como Bibi é antídoto poderoso contra toda essa ladainha. Uma mulher que trabalhou até os 92 anos, que lutou por sua classe, pela cultura e também pela dignidade das mulheres, deixa para todos nós o legado da sua existência. Lá em casa, sempre tivemos amor por Bibi. Papai foi da companhia de Procópio Ferreira e chegou a morar com ele e a filha Bibi. “Monólogo das Mãos”, maior sucesso de papai, ele aprendeu na coxia, assistindo Procópio todos os dias. Quando o mestre se adoentou, papai se ofereceu para fazê-lo e Bibi ficou encantada com sua performance. Acabou virando o cavalo de batalha do Seu Lucio e até hoje, por onde quer que seja lembrado, logo é entoado a clássica introdução: “Para que servem as mãos?”. Que bom que deu tempo de Bibi assistir à sua biografia no teatro, sendo magistralmente representada pela talentosíssima Amanda Costa, numa atuação premiada, com toda a justiça. Obrigado Bibi. Por seu talento e pela sua luta na regulamentação da profissão do artista. O céu vai brilhar como nunca! Descanse em paz! ✨

Uma publicação compartilhada por Lucio Mauro Filho (@luciomaurofilhooficial) em

Visualizar esta foto no Instagram.

Obrigado.

Uma publicação compartilhada por Kiko Pissolato (@kpissolato) em