Famosos e TV Filha de Gretchen sofre tentativa de assalto e diz: 'Estou traumatizada'

Filha de Gretchen sofre tentativa de assalto e diz: 'Estou traumatizada'

Jenny Miranda contou que está muito abalada e mal consegue dormir devido à tudo que aconteceu, mas que recuperará em breve

  • Famosos e TV | Do R7

Jenny Miranda disse que está traumatizada com tentativa de assalto que sofreu

Jenny Miranda disse que está traumatizada com tentativa de assalto que sofreu

Reprodução/Instagram

Filha de Gretchen, Jenny Miranda usou as redes sociais para falar sobre a tentativa de assalto que sofreu na última terça-feira (8), na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. A influenciadora disse que está muito abalada com tudo o que viveu e que mal consegue dormir durante a noite.

"Eu não consegui dormir à noite, foi bem complicado para mim. Realmente é difícil esquecer um acontecido desses, mas eu vou ficar bem e já vou ficar melhor. Hoje, eu não estou em condições, preciso do dia para descansar e botar a cabeça em ordem", disse ela em seu perfil no Instagram.

Na sequência, Jenny contou que está traumatizada, mas vai tentar seguir com a rotina de trabalho. "Mais de 48 horas sem dormir, nem de dia e nem de noite! Tá osso. Mas amanhã, mesmo exausta, traumatizada e triste, vou levantar a cabeça. Graças a Deus, estou bem, estou viva e tenho muito que agradecer a Deus por sempre me proteger dos meus inimigos. Então, não tem motivos para não estar de volta à rotina de trabalhos", completou ela.

Filha de Gretchen falou como foi a tentativa de assalto

Filha de Gretchen falou como foi a tentativa de assalto

Reprodução/Instagram

Mais cedo, em entrevista à colunista Fábia Oliveira, a filha da rainha do rebolado falou que, no momento do assalto, estava no carro, parada do trânsito e falando com o marido pelo telefone quando foi abordada por dois bandidos. "Meus filhos não estavam comigo, graças a Deus, porque eu fiquei paralisada. Os caras estavam com duas armas apontadas pra mim e me xingando muito, dando coronhada no vidro do carro... Fiquei sem saber o que fazer ou como reagir. Tem um filme passando na minha cabeça até agora. Eram dois meninos muito novos. Isso me traumatizou e agora pretendo ficar um tempo sem andar de carro sozinha."

Ela contou que foi salva graças a ajuda de um outro motorista que jogou o carro contra os criminosos, que chegaram a disparar as armas. Ninguém ficou ferido.

Assista ao vídeo de Jenny Miranda

Últimas