"Gugu era um cara muito especial", diz Liminha no velório

Diretor de palco, muito emocionado, compareceu ao velório do apresentador na Alesp nesta quinta-feira para prestar sua homenagem 

Liminha se despede do apresentador e amigo

Liminha se despede do apresentador e amigo

Edu Garcia/R7

Bastante emocionado, Liminha, nome artístico de Ailton Sampaio Lima, compareceu ao velório do apresentador Gugu Liberato na Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) nesta quinta-feira (28).

Leia mais: "Meu filho era isso mesmo: alegria", diz mãe do Gugu em velório

O diretor de palco conheceu Gugu em 1991, quando o apresentador ainda era produtor no SBT. "Foi crescendo e ele sempre ao meu lado, aconselhando. Ele sempre foi um cara muito generoso", diz.

Liminha diz que este momento "está muito difícil. Tenho muitas boas lembranças, Gugu era uma cara muito especial, na minha vida e dos amigos".

Segundo o diretor de palco, "a bronca do Gugu parecia elogio". Liminha lembra que "como tudo rolou ao vivo, na maioria das vezes, a gente se falava pelos olhares, no camarim a gente conversava e nas próximas íamos corrigindo".

"Uma vez eu carreguei uma placa com o nome do Clodovil e fiquei brincando com a placa no programa. Depois ele me disse que não era legal, me aconselhou", lembra Liminha.

Leia mais: Rafael Ilha dá o último adeus ao seu amigo Gugu Liberato

Velório segue na Alesp até às 10h de sexta-feira(29), quando o corpo seguirá para o sepultamento no cemitério Gethsêmani, no Morumbi, onde a família tem um jazigo.

Despedida de Gugu: familiares, fãs e amigos prestam última homenagem