Famosos e TV Homem agredido por furtar comida está recebendo auxílio psicológico

Homem agredido por furtar comida está recebendo auxílio psicológico

Advogado que representa o aposentado Wanderlei da Silva disse ao R7 que está avaliando os fatos para que possa tomar providências adequadas

Homem agredido por furtar comida está recebendo auxílio psicológico

Wanderlei da Silva em vídeo após ser flagrado furtando comida de supermercado

Wanderlei da Silva em vídeo após ser flagrado furtando comida de supermercado

Reprodução

Wanderlei da Silva, o senhor que foi agredido com um tapa no rosto pela dona de um supermercado por furtar comida em um estabelecimento em Matinhos, litoral do Paraná, está recebendo auxílio jurídico e psicológico após a história viralizar nas redes sociais. O advogado Robson Domacoski que se sensibilizou com o caso do homem disse ao R7 que não descarta processar a dona do comércio.

— Nosso corpo jurídico está no momento fazendo avaliação de todos os fatos ocorridos para que possamos tomar as providências que forem adequadas. No momento estamos preocupados em prestar o auxílio jurídico e psicológico afim de reestabelecer a paz quanto ao abalado psicológico que resultou deste evento.

Wanderlei da Silva tem 57 anos e é pedreiro aposentado. Ele mora sozinho de favor em uma casa humilde. Domacoski disse que seu cliente não consegue trabalho por conta da idade e vive de ajuda que recebe e materiais reciclados que procura juntar. O advogado disse ainda que até o presente momento, a proprietária do mercado não manifestou qualquer tipo de desculpas.

A história de Wanderlei Silva chamou a atenção de famosos. Na quarta-feira (27), MC Mirella pediu ajuda dos seguidores para tentar localizar Silva. “Alguém me ajuda a localizar esse senhor? Quero pagar um ano de comida para ele”, disse a funkeira para os seus mais de 9 milhões de seguidores. Pouco tempo depois, Carlinhos Maia e Kevinho também disseram que vão ajudá-lo, cada um doando mais um ano de alimentos.

MC Mirella vai à casa de homem que foi agredido após furtar comida

A agressora foi identificada. O nome dela é Neiva. Ela é uma das proprietárias de uma rede de supermercados do litoral do estado.