Coronavírus

Famosos e TV Jonathan Nemer se mostra apreensivo com a saúde da mãe

Jonathan Nemer se mostra apreensivo com a saúde da mãe

"Estamos naquele momento que confiança parece que está escorregando das mãos", escreveu o humorista nas redes sociais

Sara e Jonathan Nemer

Sara e Jonathan Nemer

Reprodução/Instagram

Jonathan Nemer voltou a atualizar o estado de saúde da mãe, Sara Nemer, que segue internada na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) de um hospital de Marília, interior de São Paulo, tratando complicações da covid-19. No post, o humorista se mostrou apreensivo.

"Como tudo muda muito rápido. Na UTI, não podemos nos empolgar muito com as notícias boas, nem nos desesperar muito com as notícias ruins. Agora estamos naquele momento em que o coração aperta tanto, que escorre pelos olhos, e a confiança parece que está escorregando das mãos. Agora é chorar o que tem que chorar, clamar o que tem que clamar, e voltar a ficar de pé, crendo que Deus vai agir. Não imagino minha vida sem ela. E em nome de Jesus, ela vai voltar para casa", escreveu o humorista. 

Sara Nemer está internada desde o início de abril. No dia 16, ela teve uma piora e precisou ser intubada. Empenhado em ajudar não apenas a mãe, mas todos que estão com a mesma doença, Nemer conseguiu, com a ajuda de seguidores, comprar 140 colchões pneumáticos antiscara para os doentes que estão internados nas UTIs e UPAs da cidade natal com a covid. O produto evita formação de ferida em pacientes acamados.

No domingo, Dia das Mães, Nemer falou de altos e baixo que a mãe tem apresentado desde que foi internada. 

"Hoje tá sendo um dia dolorido... como queríamos que ela já estivesse em casa. Mas amém... vai levar mais alguns dias. São pequenas vitórias e pequenas dores diariamente... ela fez tráqueo, mas agora já está acordada, com consciência e inclusive com bom humor, fazendo caras e bocas com coisas que nós ou os profissionais falam pra ela. Na sexta-feira a incrível equipe do Hospital da Unimar fez uma força tarefa pra que ela se sentasse depois de quase 1 mês deitada... mesmo frágil, fraquinha, ela o fez... Dói ver minha mãe assim, com a fragilidade de um recém nascido... um bebê. Por outro lado, embora a cabeça esteja boa, ela perdeu muita massa muscular, o pulmão está recebendo muita oferta de oxigênio... Precisa reagir!", escreveu ele.

Últimas