Famosos e TV Juíza pode decidir hoje sobre fim da tutela da cantora Britney Spears

Juíza pode decidir hoje sobre fim da tutela da cantora Britney Spears

Depois de 13 anos, a estrela pop pode finalmente recuperar o total controle sobre suas finanças, vida pessoal e profissional

AFP
Britney Spears pode finalmente retomar o 
controle de sua vida

Britney Spears pode finalmente retomar o controle de sua vida

Montagem R7/Reprodução Instagram

Uma juíza de Los Angeles deve decidir nesta sexta-feira (12) se acaba com a tutela que controlou por 13 anos a vida da estrela do pop Britney Spears.

Não está claro se a cantora vai comparecer ao tribunal de forma presencial ou remota.

Em outubro, o pai de Britney foi removido da tutela, classificada como "abusiva", e  substituído por um tutor temporário.

Na mesma sessão, a juíza Brenda Penny também aceitou um pedido do advogado de Britney para marcar outra audiência em breve, com o objetivo de formalizar a "rescisão incontestável" da tutela. 

"Esta semana vai ser muito interessante para mim! É pelo que mais rezei na minha vida", escreveu a cantora, de 39 anos, em sua conta no Instagram. Mais tarde, o texto foi excluído.

Na audiência de outubro, ambas as partes se manifestaram a favor do fim da tutela. Confirmando essa reviravolta, os advogados do pai de Britney, Jamie Spears, pediram seu encerramento imediato.

Embora continue a negar que tenha tirado proveito de sua condição de tutor para controlar a vida e a carreira da filha, Jamie Spears disse recentemente que a artista "acredita que pode administrar a própria vida".

A juíza Penny concordou em marcar outra data para permitir que o advogado de Britney, Mathew Rosengart, apresentasse um plano detalhado da dissolução da tutela. E outra audiência foi marcada para dezembro, para resolver questões financeiras pendentes, incluindo custos legais.

Por meio de seus advogados, a cantora disse que seu pai "nunca esteve à altura" de ser seu tutor, citando em uma petição detalhes como seu "conhecido alcoolismo" e "o trauma que infligiu a sua filha desde a infância". 

Em setembro, Britney afirmou que queria o fim da tutela o mais rápido possível para poder se casar com seu noivo, Sam Asghari, com um acordo pré-nupcial. 

A estrela tem dois filhos com o primeiro marido, o rapper Kevin Federline. Também teve um casamento fugaz em Las Vegas com seu amigo de infância Jason Alexander, anulado apenas 55 horas depois. 

Na corte, ela contou que o pai a impedira de retirar um dispositivo contraceptivo, apesar de seu desejo de engravidar. Jamie Spears nega essa acusação.

Quando o pai deixou de ser o tutor, foi substituído pelo contador John Zabel, que está lidando com as questões financeiras até o fim da guarda. A tutora profissional Jodie Montgomery foi designada para cuidar dos assuntos pessoais de Britney até 31 de dezembro, embora seu papel possa terminar nesta sexta-feira. 

Últimas