Famosos e TV Latino revela que perdeu mais de R$ 30 milhões com vício em apostas

Latino revela que perdeu mais de R$ 30 milhões com vício em apostas

Cantor disse em entrevista que ficou viciado em corridas de cavalos quando era jovem: 'Quebrei, fui ao zero. Fiquei devendo'

  • Famosos e TV | Do R7

Resumindo a Notícia

  • Latino revelou que superou um vício que tirou milhões dele
  • O cantor era viciado em apostar nas corridas de cavalos
  • Ele revelou em entrevista que perdeu mais de R$ 30 milhões
  • Latino desabafou sobre o ponto baixo que viveu com o vício
Latino posa com Rogério Vilela, do podcast 'Inteligência Ltda.'

Latino posa com Rogério Vilela, do podcast 'Inteligência Ltda.'

Reprodução/Instagram

Latino fez revelações durante entrevista ao podcast Inteligência Ltda., de Rogério Vilela.

O cantor falou sobre um vício que o fez perder milhões de reais: apostar em corridas de cavalos.

"Eu ganhei muito dinheiro de 1992 a 1996. Foi, assim, milhões. Gravei na gringa, enfim... Muito sucesso. Consequentemente, muitas mulheres, shows e filhos. Era muito jovem, não tinha a cabeça que eu tenho hoje e me viciei em corrida de cavalos. Perdi tudo. Por baixo, perdi uns R$ 30 milhões", contou o artista.

Segundo Latino, muitas vezes ele chegou a cancelar apresentações para poder ir às corridas e até vendeu alguns de seus bens para sustentar o vício: "Quebrei, fui ao zero, fiquei devendo a muita gente e não tinha condições de pagar. Fiquei muito na m****". 

Ele ainda conta que chegou a pedir dinheiro emprestado para pagar as dívidas: "Foi nessa época que eu tive depressão, síndrome do pânico... Fiquei muito mal. Fiquei devendo agiota e lembro que os caras queriam me matar, caso eu não pagasse. Então eu fiquei muito fora da curva".

Latino também diz que começou a superar o vício e mudar de vida após passar alguns anos sem produzir novos trabalhos. Foi aí que ele conheceu Kelly Key, com quem teve a filha Suzanna, hoje com 20 anos: "Ela estourou, infelizmente a nossa relação não deu certo. Ela seguiu a vida dela e eu continuei quebrado". 

Últimas