Mãe de Jorge Fernando, Hilda Rebello morre 2 meses após o filho

Atriz de 95 anos estava internada desde o início do mês, no Rio de Janeiro, em razão de um quadro grave de infecção respiratória 

Mãe de Jorge Fernando, Hilda Rebello morre dois meses após o filho

Hilda ao lado do filho, que faleceu em outubro

Hilda ao lado do filho, que faleceu em outubro

Divulgação

Morreu neste domingo (29), aos 95 anos, a atriz Hilda Rebello. Mãe do ator e diretor Jorge Fernando, ela estava internada desde 7 de dezembro na UTI do Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo, no Rio de Janeiro, com um quadro grave de infecção respiratória.

O anúncio foi feito por familiares nas redes sociais do diretor. "Amigos, gostaríamos de informar que nossa amada e doce atriz Hilda Rebello, vózinha, mãe, avó, bisa e amiga de todos, faleceu hoje! Descanse em paz, matriarca dos Rebellos. Corre pros braços do seu filho querido, Jorge Fernando", diz o texto.

O velório da atriz e a cerimônia de cremação acontecem nesta segunda-feira (30), das 10h às 13h30, na capela 1 do Crematório da Penitência, no Caju, zona portuária do Rio.

Nas redes sociais, fãs anônimos e famosos lamentaram a perda, como os atores Wagner Santisteban e Klebber Toledo, a apresentadora Angélica e o carnavalesco Milton Cunha.

Saúde debilitada

Pouco antes do Natal, os familiares de Hilda Rebello pediram uma corrente de oração pela saúde da atriz. "Desde da partida do seu filho Jorge Fernando tem sido difícil se manter forte e agora, aos 95 anos, precisa reverter um quadro complicado de infecção respiratória. Vamos vibrar por ela que é tão iluminada, doce e amada!", implorou a publicação. 

A morte da artista acontece dois meses após a morte do ator e diretor, em 27 de outubro. Ele se recuperava de um AVC sofrido em 2017.

Carreira

Hilda Rebello participou de diversas novelas e filmes. Ela tinha o sonho de atuar desde pequena, mas foi quando o filho tornou-se diretor que a atriz começou a ser escalada para trabalhos na TV. O primeiro papel foi em Que Rei Sou Eu? (1989).

Os personagens mais marcantes, no entando, foram Dona Matilde, em Chocolate com Pimenta (2003) e Dona Filó, em Alma Gêmea (2005), além de ter feito a avó do Menino Maluquinho nos cinemas, em 1995.

A última participação em novela foi em Haja Coração, na TV Globo, em 2016.