Marília Mendonça diz que gravidez foi 'pior fase da vida em autoestima'

Cantora retomou agenda de shows quase três meses após dar à luz Léo, filho único da sertaneja, e falou do período difícil durante conversa com a imprensa

Cantora mudou visual para retorno aos palcos

Cantora mudou visual para retorno aos palcos

Reprodução/Instagram

Marília Mendonça, de 24 anos, voltou a falar sobre os problemas de autoestima que enfrentou durante a gestação do primeiro filho, Léo, em conversa com a imprensa, minutos antes do show de retorno aos palcos, na sexta-feira (6), no Espaço das Américas, em São Paulo

A cantora, que já havia abordado o tema em publicação nas redes sociais, agora deu novos detalhes da fase que antecedeu ao nascimento do pequeno. A sertaneja, no entanto, ressaltou que a causa da insatisfação não estava relacionada ao peso. 

"A gravidez foi a pior parte da minha vida em autoestima. Eu via as grávidas, maravilhosas, lindas e pensava: 'Quem é essa que eu estou vendo no espelho?' Não tinha nada a ver com o meu peso", disse.

Os altos níveis hormonais e a insegurança durante o período foram apontados pela "rainha da sofrência" como causas para o sentimento, que desapareceu logo após a chegada do herdeiro: "Era meu cabelo que parecia que nada ficava bom, carga hormonal fora de controle, insegurança demais. Logo após o parto mudou para mim. Agora, estou bem feliz comigo mesmo". 

Marília Mendonça revelou, ainda, que a decisão de retomar a agenda de apresentações, quase três meses após dar à luz Léo — primeiro filho da cantora e fruto do relacionamento dela com Murilo Huff —, não foi nada fácil: "Parece que sinônimo de mãe é culpa". 

Veja como foi o show que marcou o retorno aos palcos