Famosos e TV Mel C diz que teve anorexia e depressão na época de Spice Girls

Mel C diz que teve anorexia e depressão na época de Spice Girls

Cantora diz que a pressão da fama influenciou nos seus problemas e que pensou em tirar a própria vida antes de buscar ajuda

  • Famosos e TV | Do R7

Mel C teve anorexia e depressão na época em que fazia parte das Spice Girls

Mel C teve anorexia e depressão na época em que fazia parte das Spice Girls

Reprodução/Instagram

Mel C, de 48 anos, revelou que teve anorexia e depressão profunda por causa da pressão que sofria na época em que fazia parte das Spice Girls. A cantora, que é famosa como a "Sporty Spice" da banda, falou sobre o assunto durante uma entrevista ao jornal britânico Daily Mail.

"Fiquei muito mal por alguns anos. Quando olho para trás, não sei fisicamente como fiz isso, quando você considera quão pouco eu vivia e quanto exercício eu estava fazendo ao lado de uma agenda brutal [da banda]", afirma, referindo-se aos seus esforços para emagrecer no período em que estava com anorexia.

Melanie Chisholm não costuma dar detalhes sobre seus hábitos durante os seis anos em que teve que lidar com a doença a fim de não influenciar outras pessoas, mas abordou brevemente essa questão durante o bate-papo.

“Comecei com a eliminação de grupos de alimentos. Naquela época, a gordura era o inimigo. E então, claro, veio o medo dos carboidratos. Cheguei ao um ponto em que, por alguns anos, comia predominantemente frutas e legumes", conta.

"Não é uma maneira sustentável de viver. Nunca fui anoréxica a ponto de ser internada num hospital, graças a Deus. Mas minha menstruação parou, então obviamente minha gordura corporal estava muito baixa", acrescenta.

Por causa da dieta restritiva, Mel desenvolveu compulsão alimentar, e chegava a acordar de madrugada para comer os alimentos que tentava evitar, como pães e cereais. Ela conta sobre esses episódios em sua autobiografia, Who I Am: My Story ("Quem eu sou: minha história", em tradução livre), que será lançada no próximo dia 15 no Reino Unido.

Como uma válvula de escape, ela passou a exagerar no consumo de álcool. "Eu bebia até ficar inconsciente", diz.

Pouco tempo antes de as Spice Girls se separarem pela primeira vez, em 2000, Mel desenvolveu depressão. "Foi por causa do nível da fama", avalia ela. "E muitos dos meus problemas foram motivados por controle ou falta de controle. Eu estava bebendo demais. Eu estava comendo compulsivamente. Fiquei envergonhada e tive que manter isso em segredo", conta.

A cantora ainda revela que pensou em tirar a própria vida naquela época, e foi aí que decidiu buscar ajuda profissional. A artista recebeu o diagnóstico de depressão clínica, anorexia, transtorno de compulsão alimentar, ansiedade severa e agorafobia.

Após mais de 20 anos, ela olha com espanto para as condições de trabalho a que ela e suas companheiras de banda eram submetidas, mas é dominada por diferentes sentimentos.

"Fico chocada com a quantidade de trabalho que deveríamos fazer, o pouco tempo que tínhamos de folga, o pouco apoio que tínhamos para nossa saúde mental. Isso nem era considerado naquela época", lembra.

“É uma mistura de emoções quando olho para trás, porque nós, garotas, conquistamos muito, realizamos nossos sonhos mais loucos", conclui.

Últimas