Piovani reclama de Pedro Scooby: 'Ingratidão é um pecado mortal'

Em vídeo no canal de YouTube, atriz comentou que discorda da maneira como o ex tem tratado os filhos no período em que ele precisa ser o responsável

Pedro Scooby e Luana Piovani: brigas sobre guarda dos filhos

Pedro Scooby e Luana Piovani: brigas sobre guarda dos filhos

Reprodução/Instagram

Na noite de terça-feira (13), Luana Piovani utilizou o canal de YouTube para esclarecer o que a desagrada no compartilhamento da gaurda dos três filhos com o ex-marido Pedro Scooby, atual namorado de Anitta.

Após o surfista conceder um número errado de telefone e dificultar a localização dele e dos filhos nos últimos dias, a atriz veio a público para dizer que o problema a irritou e que ela não descarta procurar a Justiça para resolver o problema.

"Vou ver agora como a gente faz pra organizar as coisas, porque como é que vou confiar? Como que a gente vai fazer? Vamos ter que ir no juiz. E como é que vai pro juiz? Tem que ir pro Brasil? Eu não sei quando vou pro Brasil.  Vou ter que ir pro Brasil por causa disso? Meu Deus, que atraso de vida. Vamos ver a seguir cenas dos próximos capítulos. Mas não precisava, né?", questionou.

"Quer dizer, eu sei que precisava. Minha mãe é advogada e tá falando 'organiza as coisas'. Mas tem quatro, cinco meses que a gente se separou. Eu nunca ia dizer não pra ele ver as crianças. Abri minha casa, comprei um guarda-roupa pra ele, falei: 'deixa suas coisas aí, cara. Faz da nossa casa seu QG na Europa', Mas ingratidão é um pecado mortal na minha cartilha", relatou.

Durante o depoimento, a apresentadora explicou ainda que Scooby esqueceu de avisar sobre documentos, perdeu o vôo e chegou a falar para Luana que os filhos não queriam voltar para casa.

"Vocês sabem que estou passando um perrengue. Aliás, quero aproveitar e dizer o seguinte: se você é uma daquelas pessoas que diz 'por quê você está falando isso? Expondo', acha que eu estou errada, acha que eu devia ficar quieta, ser discreta, por favor, vai embora. Não assiste esse vídeo, me esquece, pode 'desseguir', 'desinscrever' porque não tem nada a ver", iniciou.

Atriz sugere que o ex gosta mais do filho Dom

Atriz sugere que o ex gosta mais do filho Dom

Divulgação

"O que eu quero dizer é o seguinte: com as redes sociais e a informação, a gente entende cada vez mais que é preciso falar sobre as coisas que estão erradas porque é só quando a gente fala que as pessoas que estão ao nosso redor e não tiveram a coragem de dizer pela primeira vez vão se encorajar de dizer que estão passando por isso também. Eu falo porque eu sempre falei. Desde os 16 eu tenho um microfone ligado na minha mão, foi quando eu fiquei famosa e eu sempre falei de tudo. Eu nunca me neguei a dividir as minhas experiências, primeiro por ser minha escolha e segundo porque acredito que dividindo a gente multiplica e isso não é apenas uma frase piegas de almanaque, eu penso mesmo nisso nos meus ricos e intensos 43 anos de vida", analisou.

Piovani ainda citou que amigas já passaram pelo mesmo e a aconselham a tomar uma decisão enérgica.

"Só hoje 5 amigas pessoais minhas vieram me dizer que já passaram pelo o que estou passando, que é o pai não cumprir o combinado pela comunicação. Fora - se tiver curiosidade, dá uma entradinha no meu feed o instagram que vocês vão ver a quantidade de mulheres que passaram por muito pior. Enfim, eu diria que é quase 70%, é muita coisa. E tá errado", determinou.

"A gente está falando de direito e dever, não é um favor o que as pessoas estão fazendo. Agora, o que me entristece é que quem perde com isso são as crianças por que uma vez que eu perco a confiança no pai delas, como é que eu vou ficar tranquila para eles viajarem com eles de novo?", perguntou.

Atriz não descarta ir à Justiça contra o ex-marido

Atriz não descarta ir à Justiça contra o ex-marido

Reprodução/ Record TV

Luana também sugeriu que Scooby gosta mais de Dom do que dos outros filhos. "Ainda vi o pai com ótimos olhos. Isso porque eu que briguei que nem uma louca pra ele levar os três porque óbvio que ele só queria levar o Dom, mas isso é um outro vídeo, sobre a relação do pai com filhos diferentes. E aí fiquei 'nossa que bom que vai ficar com os três sozinhos', dei um voto de confiança. Porque se a Angelina estivesse com as crianças, o que normalmente aconteceria, nada disso estaria acontecendo. Eu estaria me comunicando com as crianças através dela, ela estaria falando comigo no horário e dia combinado, mas enfim".

Ela também contou que se sacrifica pela família e até pelo ex, mas ele não dá valor. "Eu terminei meu casamento cortando na carne porque eu sabia que ia ter um pai melhor se eu me separasse porque não tava bom do jeito que tava, uma pessoa para dividir a função de ter três filhos. E eu recebo o Pedro aqui, ele fica aqui em casa, não que ele durma aqui, mas ele passa o dia com as crianças, fica na piscina, entra, fala, liga, deixo ele falar a hora que ele quiser no telefone da Angelina, no facetime e tal, mas isso me é custoso, não é prazeroso pra mim estar perto dele, ouvir a voz dele dentro da casa, acabo ficando no meu quarto enquanto ele está aqui. Mas eu sei me sacrificar e é isso que é muito louco, homem não sabe. É uma pena que esteja generalizando, mas é porque se a gente for olhar para as estatísticas, a gente tem quantos por cento de pais que viram mães como mães que viram pais? Pouquíssimos", relatou.