Coronavírus

Famosos e TV ‘Que Deus o receba com alegria’, diz Bolsonaro sobre Paulo Gustavo

‘Que Deus o receba com alegria’, diz Bolsonaro sobre Paulo Gustavo

Presidente também mandou mensagem de conforto para familiares e amigos do ator e humorista, vítima da covid

  • Famosos e TV | Do R7

Paulo Gustavo faleceu em decorrência de complicações da covid-19

Paulo Gustavo faleceu em decorrência de complicações da covid-19

Divulgação/Globo

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) lamentou o falecimento do ator Paulo Gustavo no fim da noite desta terça-feira (4), por complicações da covid-19. Ele estava internado desde o último dia 13 de março em um hospital particular no Rio de Janeiro.

“Meus votos de pesar pelo passamento do ator e diretor Paulo Gustavo, que com seu talento e carisma conquistou o carinho de todo Brasil. Que Deus o receba com alegria e conforte o coração de seus familiares e amigos, bem como de todos aqueles vitimados nessa luta contra a covid”, postou o presidente em suas redes sociais.

Outros políticos também lamentaram o passamento do artista. "Brasil perde Paulo Gustavo. Um dos maiores nomes do showbiz do Brasil na última década. Paulo Gustavo deixa enorme legado ao teatro, tv e cinema do País. Meus sentimentos aos familiares e amigos", escreveu o governador de São Paulo, João Dória (PSDB), em sua conta no Twitter.

"Em nome da Câmara, manifesto a minha solidariedade e a de todos deputados aos familiares e amigos do ator Paulo Gustavo. Sua obra e seu talento conquistaram a alegria e a admiração de todos e sua partida, tão cedo, deixa enorme tristeza, vazio e dor no coração dos brasileiros", disse o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP).

Muitos famosos também se manifestaram sobre Paulo Gustavo, dentre eles, sua grande amiga Tata Werneck. A morte, aos 42 anos, aconteceu após mais de 50 dias de internação.

Na última segunda-feira (3), o humorista apresentou piora significativa nos sinais vitais após identificação de uma embolia, que afetou, entre outras coisas, o sistema nervoso central. Diante do agravamento da situação, o quadro clínico ficou irreversível. A informação da morte foi confirmada por meio de comunicado oficial divulgado pela assessoria de imprensa de Paulo.

Últimas