Famosos e TV Segurança acusa Lil Wayne de apontar fuzil durante briga

Segurança acusa Lil Wayne de apontar fuzil durante briga

Segundo o TMZ, profissional alega que rapper teria ficado nervoso por acreditar que ele havia tirado fotos para vazar para a mídia

  • Famosos e TV | Do R7

Lil Wayne será investigado após suposta briga com segurança em mansão

Lil Wayne será investigado após suposta briga com segurança em mansão

Montagem R7/Reprodução Instagram

O rapper Lil Wayne está sendo investigado por supostamente apontar um fuzil AR-15 para um de seus seguranças.

Segundo o site TMZ, uma discussão aconteceu na mansão do cantor, em Weezy's Hidden Hills, na Califórnia, EUA.

O segurança disse à polícia que a briga chegou a ter violência física antes que Lil Wayne aparecesse com a arma. 

De acordo com o TMZ, o segurança contou que o rapper mandou que ele saísse da residência antes da briga acontecer. Ele então foi ao banheiro antes de ir, e foi aí que a situação piorou.

O segurança entrou em contato com um dos guardas da guarita do condomínio, que chamou a polícia, mas quando os policiais chegaram lá, Lil Wayne não estava.

Uma fonte próxima ao rapper alega que o caso nunca aconteceu e que o rapper nem é dono de uma arma.

Segundo o profissional, a briga teria começado quando o rapper o acusou de tirar fotos dele para vazar para a imprensa. 

Ainda segundo o TMZ, o segurança não quis prestar queixas contra o patrão, e fontes da polícia dizem que não havia nenhuma marca no corpo dele que provasse que uma briga física aconteceu. 

A polícia revela que vai continuar investigando o caso. Lil Wayne não se pronunciou sobre a situação.

Últimas