Victoria Beckham demite 30 apesar de fortuna estimada em R$ 2 bilhões

Funcionários da ex-Spice Girl receberão auxílio do governo inglês estipulado em 80% de seus salários; grife fechou 2019 com prejuízo milionário

Grife de Victoria Beckham tem prejuízo milionário

Grife de Victoria Beckham tem prejuízo milionário

Gonzalo Fuentes/Reuters

Diante da crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus, a cantora e estilista Victoria Beckham demitiu 30 funcionários que trabalhavam para ela em sua grife de moda. As informações são do jornal britânico Daily Mail.

De acordo com a publicação, a decisão de dispensar parte da equipe não pegou bem pelo fato de a mulher do ex-jogador David Beckham ter com o marido uma fortuna estimada em R$ 2 bilhões. 

Segundo informações, os ex-funcionários de Victoria receberão um auxílio do governo inglês estipulado em 80% de seus salários até que os mesmos retornemà as atividades; cabendo a ex-cantora pagar os 20% restantes. No entanto, por lei, este percentual Victoria não é obrigada a pagar. 

As demissões, no entanto, não estão somente relacionadas ao atual cenário econômico provocado pela covid-19. A crise financeira da grife de Victoria Beckham veio a público no final de 2019, quando a empresa da estilista fechou o ano com prejuízo estimado em R$ 63 milhões. Na ocasião, os tabloides da época disseram que os gerentes da empresa da ex-Spice Girl teriam determinado a Victoria o corte de todo e qualquer gasto considerado supérfluo.