Outer Space Após declaração da EA, agora FIFA diz que está aberta a negociar com outras produtoras

Após declaração da EA, agora FIFA diz que está aberta a negociar com outras produtoras

O fim da parceria entre a EA Sports e a FIFA parece cada vez mais inevitável. Após a produtora dos jogos de futebol comentar publicamente que está reconsiderando a renovação de contrato com a entidade de Zurique, a FIFA por sua vez emitiu hoje um comunicado à imprensa para afirmar que está aberta a explorar… O post Após declaração da EA, agora FIFA diz que está aberta a negociar com outras produtoras apareceu primeiro em Outer Space.

Outerspace
Após declaração da EA, agora FIFA diz que está aberta a negociar com outras produtoras

Após declaração da EA, agora FIFA diz que está aberta a negociar com outras produtoras

Outerspace

O fim da parceria entre a EA Sports e a FIFA parece cada vez mais inevitável. Após a produtora dos jogos de futebol comentar publicamente que está reconsiderando a renovação de contrato com a entidade de Zurique, a FIFA por sua vez emitiu hoje um comunicado à imprensa para afirmar que está aberta a explorar sua marca com novas empresas.

Sem levantar a delicada questão dos desentendimentos econômicos, que seria o mais provável motivo para o colapso das negociações entre as partes, o comunicado da FIFA afirma ter realizado “uma ampla avaliação estratégica do entretenimento eletrônico” para chegar à conclusão de que a marca FIFA “não deve mais depender de uma única parte que controla e opera todos os direitos” no futuro. Uma forma indireta, mas clara, de dizer que o fim da colaboração com a Electronic Arts abrirá as portas para parcerias com várias outras editoras de videogames, desde que, é claro, estas cumpram as condições da FIFA.

Embora nenhuma das partes tenha comentado sobre o impasse, presume-se que a EA teve bons motivos, do ponto de vista financeiro, para desistir de sua marca mais lucrativa, construída com lançamentos regulares desde 1993. A editora americana acredita que seus jogos de futebol devem continuar bem com um nome diferente, uma vez que hoje os contratos de licenciamento são negociados caso a caso, com as ligas locais de futebol, os clubes e às vezes com atletas individuais.

Por sua vez, a FIFA está empenhada em continuar a organizar torneios de eSports sob sua marca FIFAe. A organização também deseja que “a sobreposição entre suas competições virtuais e reais seja mais explorada”, o que implica que novos jogos e ofertas de eSports possam surgir por ocasião da Copa do Mundo da FIFA e da Copa do Mundo Feminina da FIFA em 2022 e 2023.

“Em todo o mundo, os videogames e os eSports estão experimentando um crescimento sem paralelo, conforme ilustrado pela diversidade de tipos de jogos existentes ou que surgem regularmente. Portanto, é essencial para a FIFA e suas partes interessadas maximizar todas as oportunidades futuras para os fãs de futebol e videogames”, explicou a FIFA.

O contrato atual de dez anos da EA com a FIFA expira após a Copa do Mundo do Catar no ano que vem.

O post Após declaração da EA, agora FIFA diz que está aberta a negociar com outras produtoras apareceu primeiro em Outer Space.

Últimas