Outer Space Blizzard remove nome de ex-diretor em World of Warcraft após denúncias de assédio

Blizzard remove nome de ex-diretor em World of Warcraft após denúncias de assédio

A Activision Blizzard removeu referências a um ex-diretor criativo de World of Warcraft envolvido no atual processo de assédio sexual e discriminação movido pelo governo da Califórnia. O Departamento de Fair Employment and Housing (DFEH) da Califórnia abriu um processo contra a Activision Blizzard na semana passada com base em denúncias de machismo e assédio,… O post Blizzard remove nome de ex-diretor em World of Warcraft após denúncias de assédio apareceu primeiro em Outer Space.

Outerspace
Blizzard remove nome de ex-diretor em World of Warcraft após denúncias de assédio

Blizzard remove nome de ex-diretor em World of Warcraft após denúncias de assédio

Outerspace

A Activision Blizzard removeu referências a um ex-diretor criativo de World of Warcraft envolvido no atual processo de assédio sexual e discriminação movido pelo governo da Califórnia.

O Departamento de Fair Employment and Housing (DFEH) da Califórnia abriu um processo contra a Activision Blizzard na semana passada com base em denúncias de machismo e assédio, levando a um abaixo assinado e paralização em protesto organizada e endossada por mais de mil funcionários.

Inicialmente, a Activision Blizzard alegou que a ação da DFEH estaria repleta de falsidades e relatos distorcidos de fatos, e também seria um processo “irresponsável, vergonhoso, pouco profissional”, parte de “movimentos de burocratas da Califórnia que têm afastado empresas do estado”.

Agora, a própria equipe de World of Warcraft da Blizzard publicou sua própria resposta na mídia social, que disse ser representativa dos sentimentos da equipe em geral.

O comunicado disse que, além de trabalhar internamente para proteger os grupos marginalizados e responsabilizar aqueles que os ameaçam, a equipe do WoW tomaria “ações imediatas” para “remover referências que não são apropriadas” do popular MMO.

Essas mudanças começam com a remoção do nome do ex-diretor de design Alex Afrasiabi, que foi citado no processo como tendo cometido “assédio sexual flagrante com pouca ou nenhuma repercussão”.

O ex-designer, que é acusado nos documentos do processo por ter apalpado e assediado mulheres durante seus 16 anos na Blizzard, tinha um personagem, itens e armas com o seu nome em World of Warcraft.

Os funcionários da Activision Blizzard estão planejando uma paralisação em protesto nesta quarta-feira, promovendo a hashtag #ActiBlizzWalkout.

Em uma tentativa de conter os danos, o CEO da Activision Blizzard, Bobby Kotick, respondeu ao processo de assédio sexual e discriminação na terça-feira e se desculpou pela reação inicial da empresa.

Em uma carta enviada a todos os funcionários e publicada no site de investidores da Activision, Kotick disse à equipe: “Nossas respostas iniciais aos problemas que enfrentamos juntos e às suas preocupações foram, francamente, surdas”.

O post Blizzard remove nome de ex-diretor em World of Warcraft após denúncias de assédio apareceu primeiro em Outer Space.

Últimas