Outer Space Chefe do Xbox nega intenção de comprar estúdio japonês

Chefe do Xbox nega intenção de comprar estúdio japonês

O chefe do Xbox, Phil Spencer, negou que a Microsoft esteja conversando com estúdios japoneses sobre uma aquisição. Uma recente reportagem da Bloomberg alegou que a empresa estaria sondando produtoras japonesas, entre “grandes e pequenas”, para reforçar o portfólio do Xbox no país asiático. Entretanto, em entrevista publicada hoje no site GameSpot, Spencer disse que… O post Chefe do Xbox nega intenção de comprar estúdio japonês apareceu primeiro em Outer Space.

Outerspace
Chefe do Xbox nega intenção de comprar estúdio japonês

Chefe do Xbox nega intenção de comprar estúdio japonês

Outerspace

O chefe do Xbox, Phil Spencer, negou que a Microsoft esteja conversando com estúdios japoneses sobre uma aquisição.

Uma recente reportagem da Bloomberg alegou que a empresa estaria sondando produtoras japonesas, entre “grandes e pequenas”, para reforçar o portfólio do Xbox no país asiático. Entretanto, em entrevista publicada hoje no site GameSpot, Spencer disse que essa notícia não era verdadeira.

“Acho que não. Normalmente não estamos lá – acho que não, não estou em todas as reuniões que todas equipes têm, mas da minha parte digo que não”, disse Spencer sobre as possíveis negociações com estúdios japoneses.

“A maioria das oportunidades que tivemos até o momento foi um relacionamento duradouro. E então eu não acho que estamos por aí com nossos cartões de visita, jogando-os na esquina tentando encontrar pessoas. Eu falei sobre minha afinidade com os estúdios japoneses e pensei na época em que tínhamos mais jogos criados no Japão como parte de nossos jogos ‘first party'”.

A Microsoft acabou adquirindo um estúdio japonês recentemente, na compra da Bethesda. Trata-se do Tango Gameworks, do especialista em horror Shinji Mikami. Mas, ironicamente, este estúdio está desenvolvendo um exclusivo do PS5, Ghostwire: Tokyo, devido a uma negociação anterior com a Sony.

“Estou animado quando o negócio for concluído e passarmos mais tempo com a Tango [Gameworks] e o trabalho que eles estão fazendo, então é uma área que estou interessado, mas não, acho que não é preciso [fazer novas aquisições]”, concluiu Spencer.

Na mesma entrevista, o executivo também revelou que jogou um título japonês muito aguardado para os consoles da nova geração: Elden Ring, da From Software. “Eu vi bastante. Joguei bastante”, disse Spencer. “Como alguém que jogou todos os jogos de Miyazaki pelo menos na última década, este é claramente o jogo mais ambicioso que ele já fez. Quero dizer, eu amo seus jogos, mas vendo algumas das coisas de mecânica de jogo que ele está abordando, que ele e a equipe estão lidando desta vez, do cenário, trabalhando com outro criador em termos de história. Eu adoro isso”.

O post Chefe do Xbox nega intenção de comprar estúdio japonês apareceu primeiro em Outer Space.

Últimas