Outer Space China limita jogos online a 3 horas e apenas no fim de semana para menores

China limita jogos online a 3 horas e apenas no fim de semana para menores

O governo chinês anunciou restrições ainda mais rigorosas ao acesso por menores de 18 anos aos jogos online no país. A partir de agora, os adolescentes estão proibidos de jogar online durante a semana, e terão apenas uma hora por dia nas sexta-feiras e finais de semana para se dedicarem ao hobby. Impostas pela Administração… O post China limita jogos online a 3 horas e apenas no fim de semana para menores apareceu primeiro em Outer Space.

Outerspace
China limita jogos online a 3 horas e apenas no fim de semana para menores

China limita jogos online a 3 horas e apenas no fim de semana para menores

Outerspace

O governo chinês anunciou restrições ainda mais rigorosas ao acesso por menores de 18 anos aos jogos online no país. A partir de agora, os adolescentes estão proibidos de jogar online durante a semana, e terão apenas uma hora por dia nas sexta-feiras e finais de semana para se dedicarem ao hobby.

Impostas pela Administração Nacional de Imprensa e Publicações (NAAP), que regulamenta o consumo de videogames e outras formas de mídia online, as regras destinadas a reduzir o vício dos jovens já limitavam o tempo máximo diário de jogo das crianças a 90 minutos por dia nos feriados desde 2019. Com as novas medidas anunciadas na segunda-feira, o tempo de jogo para menores será limitado a 1 hora (das 20h00 às 21h00) na sexta-feira, sábado e domingo, bem como nos feriados. Ou seja, um máximo de 3 horas de jogo semanal na maioria das semanas.

É interessante observar que, por design, jogos online tendem a exigir sessões bem mais longas para proporcionar algum progresso ou conclusão de objetivo aos jogadores. A restrição pode, portanto, resultar em novos produtos feitos especificamente para atender ao limite de tempo deste público.

Na China, as atividades online de menores de idade são identificadas pelo governo a partir de dados fornecidos pelas operadoras dos jogos, como a Tencent e a NetEase, que também são responsáveis ​​por verificar a identidade real dos usuários como parte do sistema anti-dependência imposto do governo.

“Muitos pais disseram que o problema do vício do jogo entre adolescentes e crianças afetou severamente sua capacidade de aprender e estudar, bem como sua saúde física e mental, causando até uma série de problemas sociais”, mais uma vez justificou a NAAP, conforme relatado pelo South China Morning Post.

As medidas cada vez mais restritivas a nível local estão forçando as gigantes chinesas dos videogames, Tencent e NetEase, a fazer investimentos pesados em empresas internacionais. Hoje foi noticiado que o principal designer da Sega na atualidade, Toshihiro Nagoshi, foi contratado para liderar uma nova equipe na NetEase, aparentemente com objetivo de criar jogos para o mercado internacional.

Embora existam cerca de 110 milhões menores de idade que jogam videogame na China, as últimas estatísticas da Tencent indicam que jogadores com menos de 16 anos representam apenas 2,6% do gasto total em seus jogos. As novas medidas do governo devem, portanto, em tese, não afetar muito os resultados financeiros dos gigantes do setor. Mesmo assim, a notícia repercutiu com queda nas ações das empresas na bolsa.

O post China limita jogos online a 3 horas e apenas no fim de semana para menores apareceu primeiro em Outer Space.

Últimas