Outer Space EA faz oferta maior e “mela” negócio entre a Codemasters e a Take-Two

EA faz oferta maior e “mela” negócio entre a Codemasters e a Take-Two

A compra da Codemasters pela Take-Two pode não acontecer por conta de uma oferta superior feita recentemente pela Electronic Arts. A editora das séries FIFA e Battlefield anunciou que chegou a um acordo com o board da Codemasters para a aquisição da produtora britânica, em um negócio que chega a US$ 1,2 bilhões. A oferta… O post EA faz oferta maior e “mela” negócio entre a Codemasters e a Take-Two apareceu primeiro em Outer Space.

Outerspace

A compra da Codemasters pela Take-Two pode não acontecer por conta de uma oferta superior feita recentemente pela Electronic Arts. A editora das séries FIFA e Battlefield anunciou que chegou a um acordo com o board da Codemasters para a aquisição da produtora britânica, em um negócio que chega a US$ 1,2 bilhões.

A oferta feita pela EA precifica cada ação ordinária da Codemasters em 6,04 libras (aproximadamente US$ 7,98), o que avalia a empresa em US$ 1,2 bilhão. A recomendação do conselho da Codemasters para a oferta previamente acordada da Take-Two, que avaliou a empresa em £ 750 milhões (US$ 980 milhões), foi retirada.

Em uma nova declaração, a Take-Two reconheceu a decisão da Codemasters de mudar sua recomendação em favor da Electronic Arts. “A Take-Two está considerando sua posição em relação à Codemasters e um novo anúncio será feito quando apropriado”, disse.

Especializada em jogos de corrida, entre os quais se destacam o jogo oficial da F1, Grid e Dirt, a Codemasters tem crescido seu portfólio no gênero nos últimos anos e adquiriu licenças como a FIA World Rally Championship (WRC) e estúdios como o Slightly Mad, desenvolvedor da série Project Cars.

A aquisição da Codemasters pela EA está prevista para ser concluída no primeiro trimestre de 2021.

Em seu próprio comunicado, a EA – que publica jogos de esporte extremamente populares, incluindo FIFA e Madden NFL, bem como a série de corrida Need for Speed ​​- disse acreditar que a combinação da EA e da Codemasters possibilitaria maior crescimento e sucesso para as séries de corrida de ambas.

“Acreditamos que haja uma oportunidade profundamente atraente em reunir a Codemasters e a Electronic Arts para criar novos jogos de corrida incríveis e inovadores para os fãs”, disse Andrew Wilson, CEO da Electronic Arts.

“Nossa indústria está crescendo, a categoria de corridas está crescendo e, juntos, estaremos posicionados para liderar uma nova era de entretenimento de corrida.

“Há muitos anos admiramos o talento criativo e os jogos de alta qualidade da Codemasters. Com o aproveitamento total da tecnologia, experiência de plataforma e alcance global da EA, esta combinação nos permitirá aumentar nossas franquias existentes e oferecer mais experiências de corrida que definem a indústria para uma base de fãs global”.

Gerhard Florin, presidente da Codemasters, acrescentou: “A Electronic Arts e a Codemasters compartilham a ambição de liderar a categoria de corridas de videogame. O Board of Codemasters acredita firmemente que a empresa se beneficiaria com o conhecimento, os recursos e a ampla escala global da EA – tanto em geral quanto especificamente no setor de corrida”.

Alguns administradores de fundos que possuem ações da Codemasters expressaram insatisfação com a proposta anterior da Take-Two por causa de sua combinação de dinheiro e ações.

A Take-Two, que compete com a EA no gênero de esportes e tem títulos como NBA 2K e PGA 2K 2K, além da Rockstar das séries GTA e Red Dead Redemption, disse acreditar que a linha de jogos de corrida da Codemasters se encaixaria bem em sua própria lista de jogos esportivos.

O post EA faz oferta maior e “mela” negócio entre a Codemasters e a Take-Two apareceu primeiro em Outer Space.

Últimas