Outer Space Fliperamas da Sega no Japão vão acabar depois de mais de 50 anos

Fliperamas da Sega no Japão vão acabar depois de mais de 50 anos

Os prédios vermelhos com a marca Sega que fazem parte da “skyline” dos principais centros comerciais do Japão e mantém a nostalgia do início dos videogames estão com os dias contados. A Sega anunciou a venda do restante de seu negócio de fliperamas ao grupo japonês Genda GiGO, que começará a substituir o logo da… O post Fliperamas da Sega no Japão vão acabar depois de mais de 50 anos apareceu primeiro em Outer Space.

Outerspace
Fliperamas da Sega no Japão vão acabar depois de mais de 50 anos

Fliperamas da Sega no Japão vão acabar depois de mais de 50 anos

Outerspace

Os prédios vermelhos com a marca Sega que fazem parte da “skyline” dos principais centros comerciais do Japão e mantém a nostalgia do início dos videogames estão com os dias contados. A Sega anunciou a venda do restante de seu negócio de fliperamas ao grupo japonês Genda GiGO, que começará a substituir o logo da Sega dos prédios este ano.

A Sega começou a se desfazer do negócio de fliperamas em novembro de 2020, quando vendeu 85,1% desta divisão para a jovem empresa Genda. Hoje, os 14,9% restantes foram negociados e os planos para sumir com a marca Sega dos fliperamas revelados ao público.

Já enfraquecido há anos e praticamente desaparecido há décadas em todo o mundo, o mercado de fliperama tem definhado no Japão por causa da pandemia e suas restrições. No entanto, o acordo entre Sega e Genda possibilitou a preservação do nome icônico da gigante dos fliperamas nas várias salas de jogos do Japão até agora. Mas esta era, que durou mais de 50 anos, acaba em 2022.

Hoje, a Genda Sega Entertainment mudou seu nome para Genda GiGO Entertainment, marcando a retirada completa da Sega da gestão dos fliperamas e em breve de seus prédios icônicos como o famoso Club Sega e outros estabelecimentos (Sega World, Sega Collaboration Cafe).

Para o cenário arcade, isso significa que a histórica marca Sega será gradualmente substituída pela marca GiGO da Genda, que significa “Entre no oásis de jogos” e já havia aparecido em algumas salas, como no estabelecimento Sega Ikebukuro GiGO – o maior e mais amado arcade da Sega – que mudou para outro prédio na mesma rua no ano passado.

Nos novos fliperamas da Genda GiGO as máquinas de jogos foram em grande parte substituídas pelas UFO Catcher, aquelas que coletam bonecos e brindes com uma garra mecânica. Segundo a Genda, o processo de transformação do nome Sega em GiGO começará em março de 2022, mas pode levar mais de um ano. Depois disso, restarão os arquivos, memórias e os jogos que a Sega ainda publica no PC e consoles para preservar um pedaço desse patrimônio.

“As marcas da Sega em todo o país mudarão seus nomes para GiGO, para expressar nossa gratidão pelos 56 anos de história da Sega e nosso desejo de ser um oásis que sacia a sede de entretenimento das pessoas. Começaremos com Ikebukuro, Akihabara e Shinjuku. Depois será a vez de todo o país”, comentou Nao Kataoka, CEO da Genda.

Embora tenha desistido da gestão de qualquer estabelecimento, a Sega ainda poderá desenvolver jogos de arcade e máquinas de pachinko pelo grupo Sega Sammy.

O post Fliperamas da Sega no Japão vão acabar depois de mais de 50 anos apareceu primeiro em Outer Space.

Últimas