Outer Space Microsoft muda líderes e traz veteranos de volta para consertar Halo Infinite

Microsoft muda líderes e traz veteranos de volta para consertar Halo Infinite

A Microsoft está trazendo de volta veteranos da série Halo para corrigir o curso do desenvolvimento de Halo Infinite, duramente criticado pelo público desde a fraca apresentação em julho. Segundo fontes da Microsoft ouvidas pela Bloomberg, Joseph Staten, um veterano que iniciou sua carreira na Bungie em 1990, se mudará para o estúdio 343 Industries… O post Microsoft muda líderes e traz veteranos de volta para consertar Halo Infinite apareceu primeiro em Outer Space.

Outerspace

A Microsoft está trazendo de volta veteranos da série Halo para corrigir o curso do desenvolvimento de Halo Infinite, duramente criticado pelo público desde a fraca apresentação em julho.

Segundo fontes da Microsoft ouvidas pela Bloomberg, Joseph Staten, um veterano que iniciou sua carreira na Bungie em 1990, se mudará para o estúdio 343 Industries para consertar Halo Infinite. Além dele, outros desenvolvedores sênior da série estão assumindo cargos de liderança no estúdio. Essas mudanças devem ser anunciadas ainda nesta quinta-feira.

“A nova equipe trabalhará com o chefe do estúdio Chris Lee e se reportará a Bonnie Ross, vice-presidente da Microsoft que supervisiona a 343”, antecipou o jornalista da Bloomberg.

Joseph Staten foi responsável por escrever, editar e dirigir as cenas de corte dos três primeiros Halo. Ele permaneceu na Bungie até 2007, quando o estúdio se separou da Microsoft e se tornou independente. O designer deixou a Microsoft em 2013, mas voltou no ano seguinte para trabalhar em outros jogos do portfólio da empresa.

No começo de agosto, a Microsoft tomou a dura decisão de adiar Halo Infinite para 2021, perdendo seu carro-chefe para promover o lançamento do Xbox Series X no final de 2020. A decisão veio após pedidos dos próprios fãs, que se mostraram muito decepcionados com o que viram em julho.

“Tomamos a difícil decisão de mudar nosso lançamento para 2021 para garantir que a equipe tenha tempo adequado para entregar uma experiência de jogo de Halo que atenda a nossa visão”, disse Chris Lee, chefe de estúdio de Halo Infinite, na ocasião.

As críticas do público a Halo Infinite começam pelo fato do jogo não mostrar, em nenhum aspecto, que faz uso do poder computacional do Xbox Series X. As texturas, a geometria do cenário, sombras e luzes são simples e não muito diferentes do que um jogo da primeira geração do Xbox One apresentou, embora desta vez estejam em 4K.

Halo Infinite sai em 2021, em data ainda incerta. O Xbox Series X segue planejado para chegar às lojas no final do ano.

O post Microsoft muda líderes e traz veteranos de volta para consertar Halo Infinite apareceu primeiro em Outer Space.

Últimas