Outer Space Outriders também deixou a Square Enix no vermelho em 2021

Outriders também deixou a Square Enix no vermelho em 2021

O ímpeto da Square Enix em se desfazer de todos seus ativos ocidentais por uma quantia estranhamente baixa começa a fazer mais sentido à medida em que informações sobre o desempenho dos lançamentos mais recentes são conhecidas. Agora, o estúdio polonês People Can Fly traz a informação que Outriders, que foi publicado pela Square Enix… O post Outriders também deixou a Square Enix no vermelho em 2021 apareceu primeiro em Outer Space.

Outerspace
Outriders também deixou a Square Enix no vermelho em 2021

Outriders também deixou a Square Enix no vermelho em 2021

Outerspace

O ímpeto da Square Enix em se desfazer de todos seus ativos ocidentais por uma quantia estranhamente baixa começa a fazer mais sentido à medida em que informações sobre o desempenho dos lançamentos mais recentes são conhecidas.

Agora, o estúdio polonês People Can Fly traz a informação que Outriders, que foi publicado pela Square Enix em 2021, não conseguiu sequer sair do vermelho no ano passado, embora tenha sido um dos jogos ocidentais da empresa com melhor recepção por parte do público e crítica.

A expectativa do People Can Fly era de Outriders recuperar o investimento feito pela Square Enix por volta de agosto, o que garantiria ao estúdio os primeiros repasses de royalties, algo que até dezembro de 2021 acabou não acontecendo.

“Desde que o jogo foi concluído e colocado no mercado (o que aconteceu em 1º de abril de 2021), a Empresa tem direito a royalties pagáveis ​​se receitas específicas (conforme definido no contrato) de suas vendas garantirem que a editora recupere um nível predeterminado de custos incorridos em conexão com o desenvolvimento, promoção e distribuição do jogo. O nível de royalties depende da quantidade de receitas específicas das vendas do jogo”, escreveu o People Can Fly em seu relatório.

“O Grupo não recebeu royalties da editora no período até 31 de dezembro de 2021, o que significa que, na data do relatório, as receitas líquidas da venda de Outriders eram insuficientes para recuperar os custos e despesas incorridos pela editora para desenvolver, distribuir e promover o título. Isso foi confirmado pela declaração de royalties do quarto trimestre de 2021, recebida pelo Grupo da editora”.

Em maio do ano passado, a Square Enix disse que Outriders tinha mostrado potencial para “ser a próxima grande franquia da empresa” depois que 3,5 milhões de jogadores únicos experimentaram o jogo em seu primeiro mês. Mas aparentemente esta foi uma interpretação muito otimista, consequência do jogo ter sido incluído na assinatura Xbox Game Pass.

Mas, apesar de também ter deixado a Square Enix no vermelho, Outriders é uma das poucas propriedades ocidentais que a empresa japonesa optou por não incluir na recente venda dos ativos ao Embracer Group.

Na segunda-feira, a editora anunciou que havia fechado um acordo com o grupo sueco que levará mais de 50 propriedades intelectuais, incluindo Tomb Raider, Deus Ex e Thief, por apenas US$ 300 milhões.

O post Outriders também deixou a Square Enix no vermelho em 2021 apareceu primeiro em Outer Space.

Últimas