Outer Space Processo mostra que Fortnite ganhava “pouco” no iOS e PS4 é a principal plataforma

Processo mostra que Fortnite ganhava “pouco” no iOS e PS4 é a principal plataforma

Documentos dos processo movido pela Epic Games contra a Apple revelaram que a plataforma iOS gerou apenas 7% da receita total de Fortnite entre março de 2018 e julho de 2020. O PlayStation foi, com sobra, a plataforma mais relevante para os negócios envolvendo o jogo. O caso Epic Games vs. Apple, que será julgado… O post Processo mostra que Fortnite ganhava “pouco” no iOS e PS4 é a principal plataforma apareceu primeiro em Outer Space.

Outerspace
Processo mostra que Fortnite ganhava “pouco” no iOS e PS4 é a principal plataforma

Processo mostra que Fortnite ganhava “pouco” no iOS e PS4 é a principal plataforma

Outerspace

Documentos dos processo movido pela Epic Games contra a Apple revelaram que a plataforma iOS gerou apenas 7% da receita total de Fortnite entre março de 2018 e julho de 2020. O PlayStation foi, com sobra, a plataforma mais relevante para os negócios envolvendo o jogo.

O caso Epic Games vs. Apple, que será julgado em 3 de maio, envolve uma queixa da produtora de Fortnite contra os royalties de 30% demandados pela Apple a aplicativos publicados no iOS, bem como a questão da remoção do jogo da App Store.

O processo antitruste da Epic contra a Apple foi iniciado em agosto de 2020, depois que a produtora de Fortnite criou uma artimanha para evitar a divisão de receita com a Apple, levando as transações para um site fora do aplicativo. Como resposta, a Apple removeu Fortnite da App Store e também processou a Epic Games.

Documentos do processo mostram que o PlayStation 4 é, de longe, a plataforma mais atraente para a Epic Games, responsável por 46,8% da receita total de Fortnite nos 17 meses até julho de 2020. Em segundo lugar aparece o Xbox One com 27,5%.

O iOS aparece apenas em quinto lugar, com apenas 7% da receita total. Os 18,7% restantes são divididos entre PC, Android e Nintendo Switch.

Apesar de menos relevante que outras plataformas, o iOS ainda foi extremamente lucrativo para a Epic Games, dadas a dimensão da popularidade de Fortnite. A plataforma da Apple gerou mais de US$ 700 milhões em transações no jogo nos dois anos anteriores à sua remoção da App Store.

Os juízes do caso ainda irão ouvir o CEO da Epic, Tim Sweeney, e o CEO da Apple, Tim Cook, no processo e o julgamento presencial de bancada deve durar aproximadamente três semanas.

O post Processo mostra que Fortnite ganhava “pouco” no iOS e PS4 é a principal plataforma apareceu primeiro em Outer Space.

Últimas