Entretenimento Humoristas criam alternativa para entreter público na pandemia

Humoristas criam alternativa para entreter público na pandemia

Maurício Meirelles deu detalhes do The Live Comedy, primeira plataforma de streaming do país com foco na comédia: 'Nova forma de se consumir humor'

Maurício disse que quarentena impulsionou projeto

Maurício disse que quarentena impulsionou projeto

Edu Moraes/Divulgação

Não é novidade que diante da pandemia de covid-19 e a proibição de eventos com aglomeração, os artistas tiveram de se reiventar para substituir os shows. Lives, apresentações particulares online, eventos drive-in ganharam força durante este período.

Em meio a tantas novidades, um grupo formado por três empresas (ClapMe, que tem Filipe Callil como sócio, Dromedário e Non Stop) criou uma plataforma de streaming com foco no humor, o The Live Comedy, primeira do segmento no país. 

Maurício Meirelles, um dos nomes que está à frente do projeto, que estreia nesta sexta-feira (7) às 20h com o espetáculo Coisa de Pai, falou que a ideia da plataforma surgiu há cerca de dois anos, porém, eles sentiram que ainda era o momento. Quando começou a quarentena, eles decidiram que "a hora era agora".

"O The Live Comedy não é algo pontual para o momento, é para médio/ longo prazo, porque é uma nova forma de se consumir humor e toda mudança de comportamento leva um tempinho", explicou Meirelles.

O humorista reforça a importância de poder levar entretenimento para o público, que está carente em um momento tão difícil, e celebra a repercussão positiva antes mesmo da estreia. 

Grupo responsável pelo The Live Comedy

Grupo responsável pelo The Live Comedy

Divulgação

"Com a quarentena e a falta de teatro, a gente criou algumas experiências de conteúdo via streaming, que foram muito bem aceitas. São formatos específicos pra funcionar online. O que mais nos alegrou é a resposta das pessoas, especialmente quem quer assistir ou participar de um show, mas mora em uma cidade sem teatro ou sem recurso pro show acontecer. Com o streaming podemos fazer uma comedia com engajamento e interatividade ao mesmo tempo para cariocas e belgas."

Outra questão importante que Meirelles ressalta é o valor dos ingressos, bem abaixo do que é realizado nos teatros. Para a apresentação desta noite, por exemplo, cada pessoa paga R$ 7,90.

Interação com fãs

Além das apresentações exclusivas, o público vai poder trocar figurinhas com os artistas que participarem dos stand-ups. Meirelles confessa que poder estar próximo dos fãs é uma das partes preferidas deles. "Quem vai no meu show sabe que eu sempre gosto de testar ideias e quadros novos, pensando nesse formato diferenciado de comunicação e tecnologia", declarou.

No The Live Comedy, quem comprar o ingresso e assistir aos shows através da plataforma vai ter acesso a um chat onde os comediantes farão interações durante a live, além de terem benefícios exclusivos, como por exemplo, sorteio de produtos.

"Cada live/show será diferente e temos muitas ideias de interação com o público. Seja através de grupo exclusivo de WhatsApp, ou até mesmo por vídeo conferência pelo Zoom com as pessoas de casa, enfim.. Sempre vai haver um diferencial para comunicação dos fãs com os comediantes", completou Meirelles.

Espetáculo de estreia

Na estreia da plataforma, o grupo vai apresentar o espetáculo Coisa de Pai com os comediantes Maurício Meirelles e Nil Agra – pais de meninos – e Diogo Portugal e Victor Sarro – pais de meninas – debatendo sobre as experiências e desafios de ser pai, além do dia a dia com as crianças em casa, na quarentena.

"É um grande 'desabafo'. Meu medo é o show ter 8 horas de duração e ultrapassar Wesley Safadão como a maior live", brinca Meirelles. "Nós quatro somos muito parceiros e vamos discutir temas cômicos sobre a paternidade. Cada um tem uma história melhor do que a outra. Esse, por exemplo, é um tipo de produto exclusivo da plataforma", adiantou o humorista.

Últimas