Entretenimento Johnny Depp e Amber Heard se enfrentam novamente em julgamento

Johnny Depp e Amber Heard se enfrentam novamente em julgamento

GENTE-DEPP-AMBER-JULGAMENTO:Johnny Depp e Amber Heard se enfrentam novamente em julgamento

Reuters - Entretenimento

Por Jan Wolfe

WASHINGTON (Reuters) - O mais recente capítulo da batalha jurídica do astro de Hollywood Johnny Depp com a ex-mulher Amber Heard começou nesta segunda-feira, com um julgamento por difamação nos Estados Unidos sobre acusações feitas por Heard envolvendo violência doméstica.

Depp, de 58 anos, está processando Heard em 50 milhões de dólares, dizendo que ela o difamou quando escreveu um artigo em 2018 no Washington Post sobre ser uma sobrevivente de abuso doméstico.

O artigo não mencionou Depp pelo nome, mas os advogados dele disseram que ficou claro que Heard estava se referindo a Depp e que isso prejudicou sua carreira e reputação no cinema.

A seleção dos jurados foi concluída nesta segunda-feira e as declarações de abertura estão programadas para terça-feira.

Depp tem negado todas as alegações de violência, dizendo em seu processo que as declarações de Heard foram uma "farsa elaborada para gerar publicidade positiva para a sra. Heard e alavancar sua carreira".

Depp e Heard apresentaram longas listas de potenciais testemunhas que poderiam depor. A lista de Heard inclui seu ex-namorado e CEO da Tesla, Elon Musk.

O julgamento nos EUA acontece menos de dois anos depois que Depp perdeu um caso de difamação contra o The Sun, um tabloide britânico que o rotulou de “espancador de esposa”. Um juiz da Suprema Corte de Londres concluiu que ele agrediu Heard repetidamente.

Depp e Heard se conheceram enquanto faziam “Diário de um Jornalista Bêbado” em 2011 e se casaram quatro anos depois. Heard acusou Depp de violência doméstica depois de pedir o divórcio em 2016.

Últimas