Marília Mendonça

Música Assessoria de Marília explica motivo de 'equívoco' no dia da morte

Assessoria de Marília explica motivo de 'equívoco' no dia da morte

Equipe da cantora, que na data do acidente chegou a informar que todos estavam bem após a queda do avião, divulgou uma nota

  • Música | Do R7

Acidente aéreo matou a artista e mais quatro, na tarde de sexta-feira (5), em Minas Gerais

Acidente aéreo matou a artista e mais quatro, na tarde de sexta-feira (5), em Minas Gerais

Reprodução/Youtube

A assessoria de imprensa de Marília Mendonça divulgou nesta segunda-feira (8) uma nota oficial em que explica o "equívoco" que a teria levado a informar que a cantora sertaneja e as outras vítimas da queda do avião estavam "bem" e que todas as pessoas estavam sendo "encaminhadas para o hospital para a realização de exames". O acidente aéreo matou a artista e mais quatro, na tarde da sexta-feira (5), na serra de Caratinga, em Minas Gerais.

A equipe da compositora afirma que buscou informações sobre a queda da aeronave por meio de "fontes oficiais", e que, por isso, repassou as informações aos jornalistas de todo o Brasil. "Em conhecimento do acidente, a assessoria de imprensa da artista buscou informações de fontes confiáveis. Estas informaram que estaria tudo bem e que todas as pessoas estavam sendo conduzidas ao hospital, somente para realizar procedimento-padrão."

Entretanto, minutos depois, as mesmas fontes informaram a fatalidade. Diante do novo comunicado, a assessoria buscou informar primeiramente os familiares das vítimas. Por fim, a nota ressaltou que em nenhum momento a desinformação foi intencional. "Vale ressaltar que todas as informações foram disponibilizadas com base em fontes confiáveis. Em nenhum momento o equívoco foi intencional. Sempre prezamos a ética profissional e moral."

O avião que transportava a cantora Marília Mendonça caiu na tarde da sexta-feira (5), na serra de Caratinga, em Minas Gerais. A artista viajava a trabalho e faria shows pelo estado. A informação do acidente foi confirmada pela assessoria, que afirmou que a cantora e os outros passageiros estavam bem e que teriam sido encaminhados a um hospital para a realização de exames. 

Minutos depois, no entanto, o empresário da sertaneja confirmou, por meio de nota oficial, a morte dela, do produtor Henrique Ribeiro, do tio Abicieli Silveira Dias Filho, do piloto, Geraldo Martins de Medeiros, e do copilto do avião, Tarciso Pessoa Viana. 

Últimas