Filha de Aldir Blanc fala após morte do pai: 'Momento doloroso e cruel'

Isabel Blanc usou as redes sociais para prestar homenagem ao compositor e escritor: 'Esse imenso amor me dará coragem para seguir sem você'

Aldir morreu aos 73 anos, vítima de covid-19

Aldir morreu aos 73 anos, vítima de covid-19

Estadão Conteúdo/Alaor Filho - 29/09/2006

Isabel Blanc, filha de Aldir Blanc, desabafou nas redes sociais um dia após a morte do pai. Isabel, que usava o Twitter para dar informações sobre o estado de saúde do compositor e escritor, lamentou que ele tenha sido vencido pela covid-19.

"Acabou a batalha. Perdemos. Mas tudo o que ganhei por ter tido a honra de ser sua filha é mais forte. E é esse imenso amor que me dará coragem para seguir sem você, meu pai. Meu melhor amigo. Te amo enternamente", escreveu ela, que também agradeceu o carinho e apoio dos seguidores. 

A filha de Aldir também disse que a despedida do pai foi "um momento doloroso e cruel o qual ela nunca imaginou passar".

Aldir Blanc morreu aos 73 anos, vítima de covid-19. O compositor estava internado desde o dia 10 de abril com infecção urinária e pneumonia leve, provocada pela doença. Aldir não resistiu quando o quadro se agravou. 

Artistas, amigos e famosos lamentaram a morte do compositor e escritor e prestaram as últimas homenagens nas redes sociais.

Leia a publicação de Isabel na íntegra