Homens voltam a acusar Michael Jackson de abuso sexual

James Safechuck e Wade Robson afirmam ter sido abusados por Michael Jackson na infância, e acabam de mover mais uma ação contra o cantor

Michael Jackson é acusado novamente por abuso sexual

Michael Jackson é acusado novamente por abuso sexual

Foto: EFE/EPA

Michael Jackson voltará a ser acusado de abuso sexual na Justiça. James Safechuck e Wade Robson, que denunciaram o cantor no documentário Leaving Neverland, voltaram a protocolar um novo processo contra o cantor, morto em 2009.

A dupla já havia processado o Rei do Pop antes, mas a acusação foi arquivada porque o juiz entendeu que eles demoraram muito para se manifestar.

Mas uma nova lei californiana abriu uma brecha para que eles procurassem novamente a Justiça, já que agora eles podem responsabilizar as empresas que administram a obra de Michael. 

“Finalmente estamos de volta ao tribunal”, afirmou o advogado Vince Finaldi.

A primeira audiência foi cancelada devido à pandemia do novo coronavírus e ainda não tem data prevista para acontecer.

“Será a primeira acariação desse caso, com um novo juiz que deve resolver tudo. Estamos nos preparando para um julgamento no final do ano”, afirmou o advogado.

Ouvida pela imprensa internacional, a defesa de Michael se mostrou despreocupada e alegou que essa nova ação também será desconsiderada.