Fãs de k-pop se unem para derrubar hashtags racistas nas redes sociais

Quem entrava nas tags não encontrava conteúdo supremacista. Fãs conseguiram, também, derrubar um aplicativo criado pela polícia de Dallas

Fãs de k-pop derrubaram hashtags racistas

Fãs de k-pop derrubaram hashtags racistas

Reprodução/Instagram

Fãs de k-pop se uniram aos protestos contra racismo nos Estados Unidos e estão derrubando hashtags racistas e de supremacistas bancos nas redes sociais.

A ação começou no final de semana, mas ganhou destaque especial na terça e quarta-feira (3), quando tags como “vidas brancas importam” e “vidas azuis importam”, menção aos policiais, chegaram no topo dos trending topics.

Quem entrava na tag não encontrava mensagens de supremacistas brancos, mas era bombardeado por fotos e fancams, vídeos de apresentações, de seus idols preferidos.

A estratégia já tinha sido usada antes, no domingo (31), quando a polícia de Dallas pediu para que a população enviasse vídeos e fotos de “atividades ilegais” durante os protestos. A ideia, porém, deu muito errado, já que as fãs se mobilizaram e lotaram o aplicativo da polícia de fancams.

Mais tarde no domingo (31), a polícia anunciou pelo Twitter que, “devido a dificuldades técnicas”, o aplicativo estava suspenso.

.