Mumuzinho faz 'Mantra' para dar autoestima a fãs em novo trabalho

Projeto do cantor e apresentador lançado nesta sexta-feira (14)  reúne seis faixas inéditas de samba 'motivacional' e romântico

Cantor começou carreira na TV

Cantor começou carreira na TV

Divulgação/Washington Possato

É como uma "injeção de autoestima" que Mumuzinho descreve o projeto Mantra, EP com seis faixas que chega às principais plataformas digitais nesta sexta-feira (14). A música, que dá nome ao novo trabalho, também ganhou um clipe. 

O álbum chega após o sucesso de Eu Mereço Ser Feliz, canção que recentemente recebeu certificado de platina. Com contrato recém-renovado com a gravadora Universal Music, a ideia agora é colocar em cima do palco um repertório ainda mais romântico, "motivacional" e, claro, com muito samba. 

"Esse EP faz parte do momento em que estou vivendo agora, de renovação, de acreditar. É mais motivacional para o povo brasileiro, que está com a autoestima baixa, sem acreditar", revelou o músico durante conversa com o R7.  

A desesperança, segundo Mumuzinho, passa por aspectos políticos, sim, mas não fica restrito apenas a isso. "O povo está querendo saber o que vai acontecer".  No entanto, também é sobre acreditar na capacidade de tranformar em realidade os sonhos e objetivos, por mais difíceis que possam parecer". 

"O papel da música é pegar aquelas pessoas que estão com a autoestima baixa. Às vezes, é uma mensagem que coloca o povo para cima. Você dá esperança, você dá força para a pessoa. Acho que o papel maior desse Mantra é dizer que se a gente quiser, a gente pode. Não é impossível. Só depende a da gente", completa. 

O clipe 

Inspirada em uma história real, a produção leva ao YouTube a trajetória de um garoto que trabalhava como malabarista em um sinal de trânsito e, após receber um bilhete do cantor, encontrou motivação para conseguir trabalho em um circo. As imagens foram todas gravadas no centro do Rio de Janeiro. 

"Ele ficava no sinal jogando as bolinhas, como têm vários no Rio, como têm vários no Brasil inteiro. Ao invés de dar dinheiro, eu dei um papel escrito: 'Eu quero, eu posso, eu luto'. E esse papel deu força para ele, deu esperança para ele. E ele conseguiu um emprego no circo. No clipe, ele conta para a mãe dele que eu passo no sinal e dou um papel para ele. Uma coisa simples fez com que ele mudasse a vida dele", conta. 

EP: tendência de mercado?

Mumuzinho apresenta EP com seis faixas inéditas

Mumuzinho apresenta EP com seis faixas inéditas

Divulgação/Capa EP 'Mantra'

O modelo, embora seja longo demais para ser chamado de single e curto demais para receber o título de CD, tem se tornado cada vez mais frenquente entre artistas conhecidos nacionalmente. Nomes como Anitta, Skank e, agora, Mumuzinho, vez ou outra acabam optando pelo lançamento de EP. 

Visto por muitos como uma tendência, até mesmo por conta do custo menor — se comparado a outras plataformas —, esse tipo de projeto também oferece a possibilidade de se criar narrativas mais adequadas à agumas propostas artísticas e comerciais. Mumuzinha, inclusive, acredita que esse tipo de estrutura amplia ainda mais o leque de opções do artista. 

"Eu vejo como uma opção. Opção que os artistas fazem. Eu acho que eu consigo mostrar o meu trabalho, o que eu quero com o meu trabalho. São quatro músicas românticas e dois sambas", diz. 

Embora nesse momento o modelo atenda ao músico, no entanto, ele ainda planeja gravar outros CDs. "Futuramente eu vou, sim, querer um disco. Mas, no momento, o EP eu consigo resumir o que eu quero. Não vejo como tendência não", completa.