Música Nicki Minaj é processada em R$ 1 bilhão por suposto roubo de música

Nicki Minaj é processada em R$ 1 bilhão por suposto roubo de música

Segundo site, ela está sendo acusada pelo rapper Brinx Billions de ter tomado a música 'Rich Sex' dele depois de ouvir a faixa

Resumindo a Notícia

  • Nicki Minaj é acusada de roubar música criado por outro rapper
  • Brinx Billions diz em processo que tocou sua criação para Minaj ouvir
  • O rapper de Nova York alega que Minaj roubou partes da letra, melodia e arranjos
  • Ele pede o equivalente a R$ 1 bilhão, ou US$ 200 milhões no processo
Nicki Minaj não se pronunciou sobre o processo movido por Brinx Billions

Nicki Minaj não se pronunciou sobre o processo movido por Brinx Billions

Reprodução/Instagram

A rapper Nicki Minaj está sendo processada em cerca de R$ 1 bilhão (US$ 200 milhões) por supostamente ter roubado a música Rich Sex. De acordo com o site TMZ, o processo é movido por Jawara Headley, rapper conhecido como Brinx Billions, de Nova York, nos EUA.

Nos documentos obtidos pelo site, Brinx alega que tocou a música para Nicki antes de 2016 e que ela teria dito que a canção seria um sucesso global.

O rapper já é creditado como um dos autores da canção, mas insiste no processo que é o único criador da música.

Além de partes da letra, Brinx alega que Minaj roubou arranjos, batidas e toda a estrutura ritmica da canção.

A música Rich Sex foi lançada oficialmente em 2018, fazendo parte do mais recente álbum de estúdio de Minaj, o Queen.

A cantora, que se tornou mãe pela primeira vez em outubro do ano passado, não se pronunciou sobre as acusações de Brinx até o momento.

Últimas