Marília Mendonça

Música No auge, Marília Mendonça deixou projetos em aberto

No auge, Marília Mendonça deixou projetos em aberto

Cantora, que morreu aos 26 anos, faria turnê na Europa no fim do mês; ela também tinha shows do projeto 'As Patroas' em 2022

Marília Mendonça faria turnê na Europa no fim deste mês

Marília Mendonça faria turnê na Europa no fim deste mês

Reprodução/Instagram

Marília Mendonça, que morreu nesta sexta-feira (5) após a queda do avião em que viajava, deixou um legado na música, com grandes hits, trabalhos de destaque, prêmios e parcerias com outros grandes artistas. Não por acaso, ela era conhecida como a Rainha da Sofrência.

Apesar da carreira de sucesso, Marília estava no auge e deixou em aberto diversos projetos que já estavam programados e foram interrompidos pela partida trágica, aos 26 anos. 

Para 2022, a cantora e a dupla Maiara e Maraisa lançariam juntas a turnê de As Patroas. No mês passado, o trio deu detalhes sobre o projeto em conversa com a imprensa no gramado do Allianz Parque, em São Paulo.

As apresentações começariam em março, em Belo Horizonte, com direito a superprodução e shows para mais de 20 mil pessoas na Esplanada do Mineirão. O evento, um dos grandes sonhos profissionais de Marília, também passaria pelas cidades do Rio de Janeiro, de São Paulo e Brasília.

Vale lembrar, inclusive, que neste ano, o projeto As Patroas foi indicado ao Grammy Latino 2021 na categoria de Melhor Álbum de Música Sertaneja. Na ocasião, a cantora vibrou com a notícia.

"Realizar sonhos é bom. Realizar sonhos ao lado de vocês é 3 vezes maior. É isso, pessoal. Patroas no Grammy Latino... Enquanto não inventam uma palavra que defina o que sentimos por vocês, nos contentamos com gratidão. Eu amo vocês", escreveu nas redes sociais.

Turnê internacional

Em março de 2021, a sertaneja se apresentaria em alguns países da Europa. Com o avanço da pandemia de Covid-19, porém, os shows foram adiados e remarcados.

Marília anunciou, recentemente, que viajaria para fora do Brasil no final deste mês. Ela subiria ao palco de grandes capitais, como Londres (Inglaterra), Bruxelas (Bélgica) e Lisboa (Portugal). Além disso, ela tinha shows marcados em Zurique (Suíça) e Porto (Portugal). 

O avião que levava Marília decolou de Goiânia com destino a Caratinga, em Minas Gerais, onde ela faria uma apresentação na noite de sexta-feira.

Marília Mendonça colocou mulher como protagonista do sertanejo

Últimas