Dave Riley, baixista do Big Black, morre aos 59 anos de idade

Músico gravou os dois discos da banda punk do lendário produtor Steve Albini

Big Black (Dave Riley à direita)

Big Black (Dave Riley à direita)

Tenho Mais Discos Que Amigos
Mais uma triste notícia de morte nesse Natal de 2019: Dave Riley, baixista da influente banda punk Big Black, morreu aos 59 anos de idade. O músico esteve nos dois discos da banda liderada pelo icônico produtor Steve Albini (Nirvana, Jawbreaker, Superchunk), Atomizer de 1986 e Songs About Fucking, de 1987. Além disso, Riley foi engenheiro de áudio em discos tanto do Parliament quanto do Funkadelic, de George Clinton. A causa da morte de Dave Riley foi um câncer de garganta. Que descanse em paz. Big Black e Steve Albini https://www.youtube.com/watch?v=HuO3wwLuF0w A banda esteve na ativa entre 1981 e 1987, e foi fundada por Steve Albini em seu segundo ano de faculdade. Fazendo parte da cena underground de Evanston, cidade próxima de Chicago, o Big Black nasceu com Jeff Pezzati no baixo, e ele viria a ser substituído por Dave em 1985. Jeff fazia parte do Naked Raygun, grupo punk que influenciou nomes como Dave Grohl, assim como Santiago Durango, guitarrista que gravou os dois álbuns.