Tenho Mais Discos Que Amigos Diário de Bordo: na Europa, Asfixia Social mostra que questões políticas brasileiras preocupam o mundo todo

Diário de Bordo: na Europa, Asfixia Social mostra que questões políticas brasileiras preocupam o mundo todo

Banda brasileira conta como foram seus shows na Inglaterra

Banda brasileira conta como foram seus shows na Inglaterra

A banda brasileira está em turnê pela Europa e nós já te contamos por aqui sobre a primeira parte dos shows. O início da jornada se deu com apresentações com o nome apropriado de 'Where's Democracy? Not In Brazil...', ou 'Onde está a Democracia? Não no Brasil...', e agora Luis Otávio, agente da banda que está com os caras, conta pra gente como foram os novos shows. Você pode ver logo abaixo.

Asfixia Social na Europa Nessa segunda parte do nosso relato, acompanhamos de perto os quatro shows, de um total de 08, que completaram a participação da banda brasileira Asfixia Social na Inglaterra, em sua turnê “Where’s Democracy? Not In Brazil...” A caravana underground teve início no sensacional Rebellion Festival 2019, em Blackpool na Inglaterra (leia aqui), e no final aportou nas cidades de Manchester, Derby e Londres. Manchester #1 A primeira apresentação na cidade de Manchester, famosa pela história de bandas como Joy Division, New Order, The Fall, The Smiths, Stone Roses, Oasis e muitas outras, foi no The Peer Hat, pub com um estilo inglês antigo, mas com determinação em celebrar bandas atuais. A casa é um dos locais mais ativos da cidade, com opções de música ao vivo no porão em quase todas as noites da semana e também parte do Manchester Meltdown, organizado pela lenda local Ian 'Moet' Moss.
Cartaz de show do Asfixia Social

Cartaz de show do Asfixia Social

Tenho Mais Discos Que Amigos
A produção trouxe uma noite com alto teor político (ver cartaz), com suporte do coletivo feminista HERchester, que abriu a noite, para que na sequência a rapper Reneé Stormz desse seu recado extremamente contundente, inclusive acerca do Brasil, convidando o Asfixia Social para fechar com máxima energia e contextualizar a situação política do nosso país. Além da reação positiva dos presentes para o repertório do Asfixia, chamou a atenção a preocupação do público com a destruição da Amazônia e com a perspectiva de genocídio dos povos nativos, garantia de que não estamos sós nessa resistência.
Protestos na Europa

Protestos na Europa

Tenho Mais Discos Que Amigos
Derby Na quinta-feira, a caravana do Asfixia Social partiu para o primeiro show com a banda italiana Los Fastidios, que rolou no Hairy Dog, na cidade de Derby. Enquanto os brasileiros acabam de lançar o Livro-Disco Sistema de Soma: A Quebrada Constrói, ilustrado por mais de 1000 alunos da rede pública de São Paulo, os italianos estão em plena tour de lançamento do álbum Joy Joy Joy, que vem tendo ótima repercussão na Europa com seu Ska Rock politizado. A combinação foi mais do que perfeita já na primeira noite juntos, com a banda brasileira se concentrando em canções como “Sistema de Soma”, “Nóiz tem à Vós” e “Get Ready”, dando o balanço necessário para a sempre energética apresentação do vocalista Enrico de Angelis junto à banda Los Fastidios. Manchester #2 Já no dia seguinte, ambas formações aportaram no mítico The Star and Garter, localizado ao lado da estação de trem Piccadilly Station, em Manchester. O espaço foi construído em 1803, mas com o crescimento da cidade foi transplantado tijolo por tijolo para cerca de 120 metros de sua posição original, sendo reaberto em 1877. Foi interessante ver a mobilização do público local para o show, pois muitos já haviam estado em Derby na noite anterior e retornaram animados para a dobradinha Los Fastidios + Asfixia Social, que fizeram a temperatura subir na fria e chuvosa noite de “Madchester”, apelido preferido da cidade entre o público roqueiro desde o fim dos anos 80, época do celebrado clube Hacienda. Londres https://youtu.be/9tfrjkCJMTg O oitavo e último show do Asfixia Social na Inglaterra, antes de partir para a Holanda, Alemanha, República Tcheca e Portugal, aconteceu em Londres no pub New Cross Inn, marcando a despedida do tour de verão dos Los Fastidios, e que contou com a adição de duas bandas inglesas, o Left for Dead e Dakka Skanks. O Left for Dead fez um show preciso, mostrando excelência num hardcore agressivo e de ótimos refrães. Em seguida, o Asfixia Social fez mais um show marcante, trazendo suas canções que mesclam do punk rock ao soul com letras bastante engajadas, agitando o público com o groove brasileiro. Com o público já aquecido, os presentes entraram no clima das rimas e intervenções de Kaneda, que junto à poderosa execução da banda, aproveitou bem o conturbado clima político atual de Londres para chamar a atenção de importantes causas. Não por acaso, no dia seguinte, os assuntos políticos abordados na turnê e por diversos jornais locais, mostraram a força e indignação do primeiro mundo com o futuro dos povos indígenas e com a destruição das nossas florestas, com um protesto em frente à embaixada brasileira em Londres. Quem esteve presente no show londrino se deliciou também com o show perfeito do Dakka Skanks, formação de Brighton em franca ascensão, com seu Ska/Rock onde brilham Clara Byrne (voz) e Josh Bowes (guitarras e voz). Em Londres, os Los Fastidios fecharam a noite com classe mais uma vez, com casa lotada entre rodas de pogo e coros antifascistas entoados em uníssono, provando que o set dos caras está cada vez mais afiado e pronto para levar a mensagem de união e resistência para todo o planeta. A camaradagem entre os brasileiros e italianos foi marcante ao longo de 3 shows em conjunto, desta vez num clima de despedida e satisfação ao tocarem para um público engajado que agitou e lotou o New Cross Inn.
Asfixia Social e Los Fastidios

Asfixia Social e Los Fastidios

Tenho Mais Discos Que Amigos
Na Estrada
Asfixia Social na Europa

Asfixia Social na Europa

Tenho Mais Discos Que Amigos
Os brasileiros já estão a caminho de Amsterdã para 3 apresentações na Holanda, de onde seguem para shows na Alemanha, República Tcheca e Portugal antes de retornarem ao Brasil. Fiquem ligados e acompanhem por aqui no TMDQA!. Confiram os novos trabalhos do Asfixia Social em www.youtube.com/asfixiasocial