Lançamentos nacionais: Flerte Flamingo, Marcelle, Héloa e Cidade Dormitório

Coluna de hoje é dedicada especialmente a lançamentos do Nordeste brasileiro

Flerte Flamingo

Flerte Flamingo

Tenho Mais Discos Que Amigos
Foto: Divulgação A mistura entre o samba-rock e o indie é o que dá o norte para 'Curió', novo single do grupo Flerte Flamingo. Para o lançamento, a banda baiana se apoiou em referências como Jorge Ben e Arctic Monkeys. Composta pelo guitarrista Rodrigo Santos, a faixa fará parte de Espero Que Você Entenda, que tem previsão de lançamento para o início de 2020. 'Essa música conta a história de uma pessoa que se vê louco para se libertar de um amor ou uma história que está destroçada e sem salvação', conta Rodrigo, que descreve a canção como um 'grito de liberdade'. O Flerte é uma das grandes apostas da música baiana para o próximo ano. Por trás da produção da banda está Junix, do BaianaSystem. Ouça a faixa logo abaixo: https://www.youtube.com/watch?v=a3BLbgCWuLM   Marcelle [caption id='attachment_345756' align='alignnone' width='696']
Marcelle

Marcelle

Tenho Mais Discos Que Amigos
Foto: Patricia Araujo[/caption] A cantora sergipana Marcelle lançou este ano o seu terceiro disco de estúdio, intitulado DiscoNeXa. Nele, a cantora expande a caracterização e a evolução da personagem que apresenta em suas canções. Aproveitando os ótimos frutos que o disco deixou, ela disponibilizou recentemente o primeiro videoclipe oficial de sua nova fase para a canção 'Memória'. Dirigido e produzido pela Aterro Filmes, o clipe mostra uma performance de uma dançarina, que é avaliada por  uma banca especializada. Os mais espertos logo pegarão a referência à cena final do filme 'Flashdance'. De acordo com a compositora, o vídeo evidencia 'a quebra do parâmetro da dança clássica com os beats tropicais da canção'. Confira abaixo: https://www.youtube.com/watch?v=gKYj-WP0RbM&feature=youtu.be   Héloa [caption id='attachment_349771' align='alignnone' width='696'] Foto: Alberto Thomaz[/caption] Ainda falando sobre o Sergipe, temos o lançamento da faixa 'Silêncio', da cantora Héloa. Embalada por ritmos de matriz africana e pelo candomblé, a canção versa sobre afeto, tempo, pertencimento e diferenças culturais. A mensagem da música fica ainda mais clara graças ao belo videoclipe, dirigido por Rubens Crispim. A adaptação audiovisual traz um tom urbano, que causa um choque com o estilo de vida de nordestinos e imigrantes na cidade de São Paulo. 'Ei, olhe para mim! Bem no meu olho. Me veja sem pressa. Me abrace. É que eu não sou daqui', introduz a cantora no vídeo. Produzida por Maurício Badé e Zé Nigro, 'Silêncio' foi escrita em parceria com Luedji Luna e integra Opará, disco mais recente de Héloa. Confira o clipe abaixo. https://www.youtube.com/watch?v=KfyaZCmFKJ8&feature=youtu.be   Cidade Dormitório [caption id='attachment_349772' align='alignnone' width='696'] Foto: Hemilly Souza[/caption] O trio sergipano Cidade Dormitório finalmente lançou o seu disco de estreia! Intitulado Fraternidade-Terror, o álbum passeia entre a MPB setentista, o pós-punk, o rock alternativo e a música experimental. O disco já havia sido antecipado pelas canções 'Relacionamentos São Extremamente Complicados e Meu Cachorro Sabe Disso' e 'Homo Erectus Plus', mas agora fomos apresentados às outras 4 faixas de completam a narrativa proposta pelo grupo. A banda explica o conceito por trás do disco:

'Fraternidade-terror’ é um nome que se inscreve também através das guitarras e pratos que tentam ser mais raivosos numa estridência que nos pareceu necessária a se retratar em certos momentos e que aglutina a ironia de uma liberdade guiada para catástrofes. A fraternité atravessada pelo que está colocado aos nossos olhos, pelas nossas percepções e pelo o que nos atravessa. Do mais íntimo suspiro aos passos ofegantes de alguém por aí.

Ouça abaixo o disco, embalado por referências filosóficas, nostalgia, romance e dramas humanos: https://open.spotify.com/album/4xdIVJremq8h9BUJE9WEHT