Nando Reis expõe censura do governo contra canção de Arnaldo Antunes

"O Real Resiste" fala sobre milicianos, terraplanistas e mais

Nando Reis e Arnaldo Antunes são dois dos mais importantes músicos da história do Brasil. Tendo, ambos, suas origens ligadas aos Titãs, os artistas trilharam carreiras solo brilhantes nos últimos anos e se consolidaram como algumas das vozes mais importantes do país. Ontem (06) à tarde, Nando usou a sua conta oficial no Twitter para compartilhar uma publicação da Mídia Ninja que diz que uma canção de Arnaldo Antunes foi censurada, adicionando o questionamento: 'Alguém aqui vai dizer que esse governo é democrático?'   Suposta Censura na TV Brasil https://www.youtube.com/watch?v=wx_Pd-rpEhc O comentário em questão acontece porque, segundo a Mídia Ninja, o canal estatal TV Brasil tirou de sua programação o clipe de música chamada 'O Real Resiste', que mostra violência policial e disseminação de preconceito no país. Além disso, a letra da canção fala sobre temas como milicianos, terraplanistas, torturadores e fundamentalistas. Ainda segundo o site Congresso em Foco, que cita funcionários da EBC (Empresa Brasil de Comunicação) como fonte, o nome da vereadora Marielle Franco, assassinada em 2018, e temáticas LGBT, estão 'vetados na emissora'. LEIA TAMBÉM: Nando Reis se emociona ao relembrar Gugu em momento surreal dos Titãs na TV Arnaldo Antunes - 'O Real Resiste' - Letra
Autoritarismo não existe Sectarismo não existe Xenofobia não existe Fanatismo não existe Bruxa fantasma bicho papão O real resiste É só pesadelo, depois passa Na fumaça de um rojão É só ilusão, não, não Deve ser ilusão, não não É só ilusão, não, não Só pode ser ilusão Miliciano não existe Torturador não existe Fundamentalista não existe Terraplanista não existe Monstro vampiro assombração O real resiste É só pesadelo, depois passa Múmia zumbi medo depressão Não, não, não, não Não, não, não, não Não, não, não, não Trabalho escravo não existe Desmatamento não existe Homofobia não existe Extermínio não existe Mula sem cabeça demônio dragão O real resiste É só pesadelo, depois passa Como o estrondo de um trovão É só ilusão, não, não Deve ser ilusão, não não É só ilusão, não, não Só pode ser ilusão Esquadrão da morte não existe Ku Klux Klan não existe Neonazismo não existe O inferno não existe Tirania eleita pela multidão O real resiste É só pesadelo, depois passa Lobisomem horror opressão Não, não, não, não Não, não, não, não Não, não, não, não