Pete Doherty é multado após duas prisões na mesma semana

Frontman foi preso ao comprar drogas e depois por causar uma briga quando comemorava sua saída da prisão

Pete Doherty em 2017

Pete Doherty em 2017

Tenho Mais Discos Que Amigos
Foto de Pete Doherty via Shutterstock Há alguns dias nós falamos por aqui sobre como Pete Doherty, o guitarrista e vocalista da banda britânica The Libertines, havia sido preso enquanto tentava comprar cocaína em Paris, e parece que a história tem um outro detalhe bizarro. Segundo a Pitchfork, Pete foi preso na última quinta-feira (7) e ficou detido até o sábado (9), quando saiu com a condição de que pagaria multas diárias de 50 euros (quase 300 reais) durante um período de 100 dias. Acontece que no domingo (10), o músico saiu para celebrar que havia sido solto da prisão e, bêbado, brigou com um homem que o denunciou por agressão, o que acabou o levando para a cadeia no mesmo dia, como te contamos por aqui. Sentença de Pete Doherty Agora, finalmente temos uma novidade sobre a sentença do cara. De acordo com a Billboard, o vocalista recebeu uma multa de 10 mil euros (mais de R$45 mil) e uma 'sentença suspensa' de três meses. Basicamente, esse tipo de punição é uma espécie de liberdade condicional. Se Doherty não cometer mais nenhum crime durante esse período, não haverá nenhum tipo de punição ao frontman. De acordo com a France24, o empresário de Pete disse que ele se comprometeu a fazer um tratamento, já que uma turnê está no horizonte. Vai ser o jeito, né? LEIA TAMBÉM: Pete Doherty quer cair na porrada com Liam Gallagher por uma boa causa