Primeira banda de Chester Bennington lançará disco com vocais do músico

Em postagem emocionante, a viúva Talinda Bennington confirmou o lançamento do novo álbum do Grey Daze

Chester Bennington, do Linkin Park

Chester Bennington, do Linkin Park

Tenho Mais Discos Que Amigos
Foto via Shutterstock O incrível Chester Bennington nos deixou cedo demais em Julho de 2017, e seu legado continua muito vivo. Seja pelo Linkin Park ou pelos tantos outros projetos que o vocalista se envolveu, seu nome continua ecoando. Um desses projetos, na verdade, era um retorno às origens para o músico. O Grey Daze foi a primeira banda de Chester, lá nos anos 90. Voltado ao grunge e contando ainda com Sean Dowdell, os caras lançaram dois discos antes de seu fim em 2001. Logo antes de seu precoce falecimento, Chester havia voltado a trabalhar com Sean e planejava um retorno do Grey Daze. Em um comunicado emocionante, a viúva de Chester, Talinda, avisou em seu Instagram que agora, após o período de luto que todos os próximos do músico viveram, a banda deve de fato lançar um novo disco e honrar o projeto final do cantor. A notícia não é exatamente uma surpresa. Como te contamos por aqui, o filho mais velho de Chester, Jaime, gravou vozes com Sean e teve sua voz bastante elogiada. Além dele, nomes como Brian “Head” Welch e James “Munky” Shaffer, do KoRnChris Trainer (Bush) e Marcos Curiel (P.O.D.) também estão envolvidos no projeto.   Novo álbum do Grey Daze com vocais de Chester [caption id='attachment_350794' align='alignnone' width='696']
Chester Bennington com o Grey Daze

Chester Bennington com o Grey Daze

Tenho Mais Discos Que Amigos
Reprodução/YouTube[/caption] O novo disco do Grey Daze deve ser bem especial, por vários motivos. Em 2018, a banda utilizou o Instagram para mostrar um remix da canção 'Hole'. Presente no primeiro trabalho dos caras lá nos anos 90, a faixa ganhou uma pegada bem mais atual. Você pode conferir a seguir. Continua após o vídeo https://www.youtube.com/watch?v=X8zE7Kk5Cwk Faltam detalhes sobre o projeto, e a postagem não informa se será um álbum com inéditas ou apenas relançamentos. No entanto, informações apontam que Chester Bennington teria deixado vocais gravados para o projeto. As participações dos outros músicos também parecem indicar que teremos canções novas. Vamos ficar ligados! Abaixo, você pode conferir o comunicado de Talinda na íntegra, traduzido. Comunicado de Talinda na íntegra https://www.instagram.com/p/B56dAo6hn8Y/?utm_source=ig_web_copy_link Um dos maiores presentes de Chester era a música. A única coisa que ele tinha mais orgulho [do que a música] era de ser pai de seus filhos. Visto o tanto que ele se importava, ele queria que os fãs ouvissem tudo que ele fizesse, e sua jornada musical começou com o Grey Daze. Em Fevereiro de 2017, Chester e seus companheiros de banda começaram a regravar suas músicas para um relançamento planejado das primeiras canções da banda e em Junho, ele anunciou que o Grey Daze iria se reunir e tocar em um show de reunião comemorando o aniversário de 20 anos naquele Outono. Ele estava tão entusiasmado com isso, e ele estava ansioso para tocar rock com mensagens que ele sabia que seriam significativas para os fãs. Também significava muito para ele estar trabalhando com seus companheiros de Grey Daze. Sean Dowdell (com quem ele tinha uma amizade muito especial, e era um parceiro de negócios no Club Tattoo), juntamente a Mace Beyers, e Cristin Davis. Ele os conhecia há mais de metade da sua vida. Quando Chester nos deixou, a reunião do Grey Daze parecia um pensamento distante para todos os envolvidos. Eles estavam sofrendo, eu estava sofrendo, e haviam emoções demais para trabalhar antes de sequer podermos pensar no que aconteceria com aquele projeto. Com o céu mais claro, agora que podemos focar no Chester gostaria que fizéssemos, nós procuramos uma forma de continuar o que Chester estava fazendo - as coisas das quais ele tinha orgulho e queria compartilhar com seus fãs. O projeto Grey Daze é uma das formas que podemos continuar a contar a história de Chester e nos conectar com nossos fãs. Através de nossa fundação, a 320, eu me esforço todos os dias para ter certeza de que o legado de Chester seja uma luz pela mudançå positiva. Para nós, lançar um novo álbum do Grey Daze vai ser uma luz onde o meu marido começou e, espero, dará aos fãs um entendimento melhor de sua arte e um retrato mais completo de sua jornada através dessa incrível música.