Prophets of Rage chega ao fim por reunião do Rage Against The Machine

Banda formada com membros do Public Enemy e Cypress Hill estava levando o legado do grupo; B-Real confirmou a informação

Rage Against the Machine

Rage Against the Machine

Tenho Mais Discos Que Amigos
Está cada vez mais confirmado, meus amigos! O Rage Against the Machine está mesmo de volta e, com isso, veio o fim do supergrupo Prophets of Rage. Quem deu a notícia foi B-Real, músico do Cypress Hill que fazia parte da formação da banda. Formado em 2016, o Prophets contava com todos os membros do RATM -- com exceção do vocalista Zack de La Rocha --, além de B-Real, Chuck D e DJ Lord. O grupo lançou um disco homônimo em 2017 e, nos últimos meses, chegou a lançar alguns singles também. Em seu Instagram, o músico disse: Quero agradecer aos fãs que apoiaram [o Prophets of Rage] durante o tempo em que estivemos juntos. Foi uma honra tocar nestes palcos e com pessoas de todas as idades ao lado destes caras. Foi um momento ótimo e tive ótimas lembranças em pouco tempo. Fazer Rock ao lado de Chuck e Tom foi incrível, para dizer o mínimo. Foi divertido enquanto durou e espero que tenhamos deixado uma boa impressão, e que a música tenha sido uma fonte de inspiração para aqueles que precisavam dela. Esse foi o objetivo pelo qual nos reunimos. Então, digo a todos que se mantenham informados, continuem engajados e lutem a boa luta. Agora vai! Rage Against the Machine https://www.instagram.com/p/B4VS1ZABkKj/ Como te contamos por aqui, a banda tem cinco shows marcados, incluindo nos dois finais de semana do Coachella 2020 e também próximo à fronteira dos Estados Unidos com o México. A volta do grupo vem às vésperas de mais uma eleição presidencial no pais, que pode significar a reeleição de Donald Trump.