Viúva de Chris Cornell está processando o Soundgarden na justiça

Músicas inéditas da banda e vocais deixados pelo vocalista estão no ponto central da discussão

Chris Cornell do Soundgarden em 2012

Chris Cornell do Soundgarden em 2012

Tenho Mais Discos Que Amigos
Foto de Chris Cornell via Shutterstock É, infelizmente as coisas não ficaram nada bem entre o Soundgarden e Vicky Cornell, viúva do vocalista Chris Cornell. Há algum tempo a gente já vem falando por aqui sobre como a banda gostaria de lançar um novo disco com vocais deixados pelo cara, mas não vinha tendo acesso ao material, e agora notícias deixam claro que as coisas ficaram ainda piores. De acordo com o site TMZ, Vicky está processando o Soundgarden pois entende que os integrantes da banda devem 'centenas de dezenas de dólares' a ela e os filhos do casal por conta de royalties que não teriam sido pagos. Além disso, os herdeiros de Cornell ainda cobram os direitos do que seriam sete canções inéditas e dizem que a banda estaria usando essa tática para 'forçar os responsáveis pela obra de Chris a entregarem gravações em áudio criadas por ele antes da sua morte'. Chris Cornell e o Soundgarden Vale lembrar que há algum tempo o guitarrista Kim Thayil praticamente confirmou um último disco da banda e disse que 'seria burrice' se a banda não lançasse, mas para isso precisava dos vocais que Chris Cornell deixou antes de partir. E é justamente aí que mora o processo: Vicky diz que se ofereceu a compartilhar as gravações com a banda de uma forma que respeitasse os desejos do ex-marido, incluindo seu produtor, mas o grupo teria negado. Segundo ela, Kim está colocando a sua família no meio da discussão ao dar a entender que ela é o principal problema para o lançamento de um novo álbum, e no processo, ela alega que a base de fãs está sendo 'intencionalmente' enganada, já que Chris teria trabalhado nessas novas canções sozinho. Resposta da Banda Ainda segundo a reportagem, a banda se posiciona dizendo que todos estavam envolvidos nas composições e, sendo assim, o material de Chris Cornell não seria única e exclusivamente dele. Esperamos que essa situação se resolva o mais rápido possível para que o legado do Soundgarden e da incrível voz de Chris não apenas seja respeitado como levado adiante com o lançamento das últimas obras que ele gravou em vida.