Conheça os artistas que participam do 13º Produtor Crystal

A arte precisa de espaço. E a Crystal oferece isso pra quem está começando. Conheça os vídeos selecionados desta semana

Conheça os artistas desta semana agora, e veja novamente no Trilha de Sexta

Conheça os artistas desta semana agora, e veja novamente no Trilha de Sexta

Reprodução vídeo

Enquanto você espera mais um Trilha de Sexta, a happy hour que acontece toda sexta-feira no R7 e no canal da Record TV no YouTube, você pode conhecer bandas e cantores do cenário independente aqui no Produtor Crystal. São talentos que estão despontando e que a Crystal resolveu dar uma força durante a pandemia. Afinal, de uma hora para a outra muita gente deixou de tocar em bares e shows.

Se você é cantor ou músico, ou participa de uma banda, aproveite a oportunidade para mostrar o seu talento para todo o Brasil. Basta se inscrever em R7.com/produtorcrystal e mandar seu vídeo, preenchendo todos os campos necessários. Os músicos selecionados aparecerão no Trilha de Sexta e nas redes sociais do R7. Mas atenção, não vale cover! Tem que ser trabalho autoral!

Conheça os artistas que vão participar do Produtor Crystal dessa semana:

Kendri Albuquerque - O Andaluz
@kendrialbuquerque
O músico curitibano iniciou a trajetória musical profissional na Espanha há cerca de 13 anos. Ganhou alguns festivais e a partir daí resolveu oficializar sua paixão pela música, tirar as letras ainda juvenis da gaveta e tocá-las.

Formado em licenciatura em Música e Comunicação Social, cantar sempre foi sua paixão. Passou por corais de igreja, corais universitários, pelo Conservatório de MPB e Núcleo de Ópera de Curitiba, bares, eventos institucionais e festivais de música, até vir a ser frontman das bandas Reverbo, Sopa e Nave Maria.

Em 2018, por meio de crowdfunding, Kendri lançou seu primeiro EP "SentidoAnimal". Rock, folk, MPB, erudito e músicas latinas, são algumas das influências sonoras que o músico segue experimentando em seus shows e percebendo todos os caminhos que ainda pode trilhar para cada vez mais sua carreira.

Leila Alencar - Sexta-feira
@leilaleaooficial
Leila Alencar é maranhense, canta e compõe desde os 18 anos. Eclética, ouve todos estilos de música, mas gosta mesmo de dance music com uma percussão mais marcante. Começou recentemente a fazer vídeos de suas composições. E, todas as sextas-feiras, pretende lançar um vídeo e uma música totalmente inéditos. Conheça “Sexta-feira”.

Banda Veltra - Tempo ao Tempo
@veltraoficial
Formada pelos irmãos Gabriel Potenza (baixista) e Pedro Potenza (baterista); além de Júnior Lima (guitarrista), e Caique Carregosa (guitarrista), a Banda Veltra foi fundada em 2008 na Pompeia, em São Paulo.

A ideia da Banda é fazer música de qualidade, resgatando a essência pura do rock. As letras são da própria Banda Veltra, baseadas em temas atuais, que refletem as vivências de mundo de cada integrante.

Naaja - Passarinho
@naaja___
Naaja, nascida em Joinville Santa Catarina, tem influências musicais de berço, com pai e mãe no meio musical. Sempre esteve envolvida na arte como forma de expressão, tanto na dança como na música, além do teatro. Com mais de cinco anos de experiência de palco em banda de baile, atualmente está em carreira solo. Seu estilo caminha entre o pop brasileiro, R&B o neo-soul e black music.

Lançou seu primeiro álbum em 2018, Poison Power, com cinco músicas em inglês, todas de sua autoria, após ganhar seu projeto de financiamento coletivo. Agora está trabalhando em produções focadas no público consumidor de pop brasileiro. Para isso, selecionou parcerias-chaves e está trabalhando com produtores como Bruno Estevez, Mahogany Beats, Glebo e Douglas Moda.

Em seu repertório atual, além das músicas autorais, ela faz tributo aos artistas que mais lhe influenciam sem perder sua identidade, como Amy Winehouse, Sela Sue, Rita Lee, Nina Simone e Alicia Keys, entre outros.

Robson Melo - Sombras Projetadas
@oficialrobsonmelo
Músico, cantor e compositor nascido em São Paulo, Robson Melo começou a cantar em corais de igreja aos 8 anos. Aos 21, entrou para o sertanejo como dupla e aos 22, decidiu apostar em carreira solo, caminho que segue até hoje. Seu sonho é ver suas músicas na “boca do povo”, estar entre os grandes cantores para poder ajudar a família.