Vagalume Cardi B receberá R$ 6,8 milhões após vencer processo contra YouTuber que a difamou

Cardi B receberá R$ 6,8 milhões após vencer processo contra YouTuber que a difamou

Ação foi aberta contra LaTasha Kebe ainda em 2019

Vagalume
Vagalume

Vagalume

Vagalume

Cardi B receberá uma indenização milionária após vencer o processo que abriu contra a YouTuber LaTasha Kebe, mais conhecida como Tasha K., por difamação.

A ação foi aberta em março de 2019, quando a rapper acusou a YouTuber de fazer uma série de "alegações maliciosas", ao dizer que Cardi era uma prostituta, que havia traído o marido, Offset (do grupo Migos), que usava cocaína e que havia contraído herpes e HPV. A cantora também acrescenta no processo que Kebe tentou "destruir sua carreira" fazendo afirmações falsas sobre ela "intencionalmente".

De acordo com a People, nesta segunda-feira (24), a justiça determinou que Kebe deveria pagar uma indenização de US$ 1,25 milhões (aproximadamente R$ 6,8 milhões na cotação do dia) à rapper, após ser considerada responsável por "difamação, invasão de privacidade e imposição intencional de sofrimento emocional".

Ainda segundo o artigo, Cardi B disse em seu depoimento que as primeiras alegações falsas começaram em abril de 2018, quando Kebe compartilhou um vídeo em seu canal do YouTube dizendo que a filha da rapper, Kulture, que hoje tem 3 anos, poderia nascer com necessidades especiais.

O vídeo foi compartilhado em um canal que conta com mais de 1 milhão de seguidores e a cantora chegou a sofrer bullying de internautas por conta das informações falsas. Cardi acrescentou que se sentiu "extremamente suicida", "deprimida e derrotada", além de ter sofrido de "fadiga, perda de peso, enxaquecas e ansiedade".

Fonte: Vagalume

Últimas