Vagalume DaBaby deleta pedido de desculpas à comunidade LGBTQIA+ de sua rede social

DaBaby deleta pedido de desculpas à comunidade LGBTQIA+ de sua rede social

Rapper havia feito a declaração após comentários homofóbicos durante um show em Miami, no dia 25 de julho

Vagalume
Vagalume

Vagalume

Vagalume

A polêmica envolvendo DaBaby parece não ter chegado ao fim. Isso porque o rapper, agora, deletou o pedido de desculpas que havia feito à comunidade LGBTQIA+ em seu instagram, pelos comentários homofóbicos que proferiu durante um show em Miami, no dia 25 de julho.

Na declaração de desculpas, DaBaby havia escrito: "As redes sociais se movem tão rapidamente que as pessoas querem te destruir antes mesmo que você tenha a oportunidade de crescer, se educar e aprender com seus erros. Como um homem que teve que abrir seu próprio caminho em circunstâncias muito difíceis, ter pessoas que conheço publicamente se voltando contra mim - sabendo que o que eu precisava era receber educação sobre esses tópicos e orientação - tem sido um desafio. Agradeço as muitas pessoas que me procuraram com gentileza, que me procuraram em particular para oferecer ensino, educação e recursos. Era isso que eu precisava e foi recebido".

"Quero me desculpar com a comunidade LGBT + pelos comentários dolorosos e desencadeadores que fiz. Mais uma vez, peço desculpas por meus comentários mal informados sobre HIV / AIDS e sei que a educação sobre esse tema é importante. Amor a todos. Deus os abençoe", continuou ele.

O texto havia sido publicado após grandes festivais, como o Lollapalooza, iHeartRadio Music Festival e o Governors Ball, terem cancelado shows do rapper.

Artistas como Elton John, Madonna e Dua Lipa, com quem ele gravou a parceria no remix de "Levitating", também usaram suas redes sociais para criticar publicamente os comentários homofóbicos feitos pelo cantor. "Eu realmente não reconheço este como a pessoa com quem eu trabalhei. Eu sei que meus fãs sabem onde está meu coração e que estou 100% com a comunidade LGBTQ. Precisamos nos unir para combater o estigma e a ignorância em torno do HIV / AIDS", escreveu a cantora britânica.

Na polêmica apresentação em Miami, DaBaby chegou a dizer que quem não tivesse aparecido no local "com HIV ou AIDS, ou com qualquer outra dessas doenças sexualmente trasmissíveis que te matarão em duas ou três semana", e que não estivesse "chupando p# no estacionamento", que colocasse o celular aceso para o alto.

O artista ainda piorou a situação para o seu lado, ao tentar justificar o comentário depois do show nas redes sociais, afirmando que seus fãs gays não tinham AIDS porque "não eram gays nojentos".

Fonte: Vagalume

Últimas