Vagalume Diana Ross e Berry Gordy Jr., fundador da Motown, relembram Mary Wilson

Diana Ross e Berry Gordy Jr., fundador da Motown, relembram Mary Wilson

"As Supremes viverão para sempre em nossos corações", disse sua antiga parceira de grupo

Vagalume
Vagalume

Vagalume

Vagalume

Duas pessoas fundamentais na vida de Mary Wilson se manifestaram publicamente depois que souberam da morte da cantora, que tinha 76 anos, e morreu nesta segunda-feira (8) enquanto dormia. Diana Ross, que cantou com Wilson entre 1959 e 1970, publicou uma mensagem no Twitter. Disse ela: "Acabei de acordar com esta notícia, minhas condolências a todos vocês da família de Mary, lembro-me que cada dia é um presente, tenho tantas memórias maravilhosas de nosso tempo juntas. As Supremes vão viver, para sempre em nossos corações."

Berry Gordy Jr., fundador da Motown, o selo que lançou os discos do trio, também falou em pronunciamento oficial distribuído à imprensa: "Eu fiquei extremamente chocado e triste ao saber do falecimento de um importante parte da família Motown, Mary Wilson, das Supremes.

As Supremes sempre foram conhecidas como as "namoradinhas da Motown". Mary, junto com Diana Ross e Florence Ballard, veio para a Motown no início dos anos 1960. Depois de uma sequência sem precedentes de sucessos número um, aparições na televisão e nightclubs, eles abriram as portas para elas, para os outros artistas da Motown e muitos, muitos outros.

Sempre tive orgulho de Mary. Ela era uma grande estrela por seus próprios méritos e ao longo dos anos continuou a trabalhar duro para impulsionar o legado das Supremes. Mary Wilson foi extremamente especial para mim. Ela foi uma pioneira, uma diva e fará muita falta."

A foto acima, com Ross e Berry ao lado de Wilson, foi tirada em 2013. Veja a publicação de Diana Ross:

Clique para ver no Vagalume

Fonte: Vagalume

Últimas