Vagalume Dominguinhos do Estácio, compositor e sambista, morre aos 79 anos

Dominguinhos do Estácio, compositor e sambista, morre aos 79 anos

Artista estava internado desde o dia 11 de maio, devido a uma hemorragia cerebral

Vagalume
Vagalume

Vagalume

Vagalume

Dominguinhos do Estácio, compositor e interprete de samba-enredo, morreu, neste domingo (30), aos 79 anos. O sambista estava internado desde o dia 11 de maio no Hospital Azevedo Lima, em Niterói, onde precisou passar por uma cirurgia de emergência após sofrer uma hemorragia cerebral.

Uma nota de pesar foi publicada nesta madrugada em seu perfil oficial: "É com muita tristeza que viemos através dessa rede social comunicar o falecimento do nosso querido mestre, Dominguinhos do Estácio. O mesmo seguia internado desde o dia 11 de maio em decorrência de complicações em seu quadro de saúde e na noite do dia 30 o cantor e intérprete Dominguinhos do Estácio veio a óbito. Que nossa senhora de Nazaré o receba de braços abertos. Desejamos nossos pêsames a todos os amigos e familiares.

Clique para ver no Vagalume

Nascido em Niterói, Dominguinhos do Estácio se tornou um dos nomes mais conhecidos do carnaval carioca, iniciando sua carreira nos anos 60 na Unidos de São Carlos, que posteriormente passou a se chamar "Estácio de Sá".

O compositor e interprete conquistou o título de campeão do Grupo Especial do Rio por cinco vezes, duas dela pela Imperatriz Leopoldinense, com "Só dá Lalá", em 1981, e "Liberdade, liberdade, abre as asas sobre nós", em 1989. Dominguinhos também marcou história na Unidos do Viradouro, onde conquistou o título em 1997, com o samba "Trevas! Luz! A Explosão do Universo", passando também pela Acadêmicos de Santa Cruz, Acadêmicos do Grande Rio e Inocentes de Belford Roxo.

Fonte: Vagalume

Últimas